Lições de vida inspiradoras de 9 empreendedores com mais de 50 anos

Janeiro 22, 2018

9 Inspiring Entrepreneurs Over 50Todas as semanas, o blog da Shopify publica histórias de pessoas do mundo inteiro: lojistas da Shopify com os mais variados estilos de vida, de idades diferentes, que vendem de tudo, desde chocolateroupas e calçados artesanais e até serviços de remoção de lixo doméstico. O caráter singular das lojas hospedadas na Shopify e a diversidade das pessoas na gestão desses empreendimentos são grandes fontes de inspiração.

É por isso que não cansamos de repetir: qualquer um, sim, sem brincadeira, qualquer um pode abrir um negócio.

Já publicamos um artigo sobre jovens promissores que foram picados pelo bichinho do empreendedorismo; abriram suas empresas antes mesmo de se formarem no ensino médio. E compartilharam seus próprios pontos de vista e deram conselhos à Geração Z.

Agora, vamos focar em um grupo diferente; observamos uma tendência de empreendedorismo entre pessoas que chegaram à maturidade, aposentados ou não, que desejam dedicar o recém-conquistado tempo livre para um negócio próprio, por diferentes razões: manter-se ocupados, complementar a renda da aposentadoria, ou mesmo gerar renda própria por não conseguirem uma recolocação como funcionários no mercado formal de trabalho.

Os dados confirmam isso: a pesquisa Empreendedorismo no Brasil, elaborada no projeto Global Entrepreneurship Monitor (GEM), conduzida pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP) em parceria com o SEBRAE e a FGV, evidenciou a importância dos empreendedores maduros. Em 2016, 10,4% dos empreendedores iniciais tinham entre 55 a 64 anos (em 2007, em comparação, esse percentual era de apenas 4,9%). Entre os empreendedores já estabelecidos, este percentual sobe para 19,2%, na mesma faixa etária. Veja aqui o relatório completo dessa pesquisa.

No ambiente acadêmico, também são feitas pesquisas com o objetivo de entender o perfil dos empreendedores maduros, bem como suas percepções e motivações. Hoje, existe um entendimento geral de que não existe uma idade limite para começar a empreender.

Diante deste cenário, vamos apresentar, neste artigo, as histórias de nove donos de lojas sobre os benefícios e desafios da gestão de um negócio após os 50 anos. O consenso? Anos de experiência - tanto na vida como no trabalho - criam uma base excelente para o empreendedorismo. Conheça os conselhos que estes empreendedores dão para outras pessoas que pensam em seguir o mesmo caminho:

1. Mommy Choi

Proprietária e Chef, Mommy Sauce

Entrepreneurs over 50

A Mommy Sauce nasceu do amor pela cozinha e pela família. Encorajada pelo filho, um renomado chef, a sul-coreana Mommy construiu sua empresa por conta própria, vendendo receitas secretas de molho para o restante do mundo. Mommy começou seu negócio em 2015, quando tinha 71 anos.

Se você tem um sonho, comece agora. Arregace as mangas e se dedique.

A idade, segundo Mommy, é uma vantagem nesse ramo de negócios:

Tenho 73 anos agora. Uma coisa boa em relação a essa idade é que eu fico menos estressada, em geral. Eu acordo com a mente focada em trabalhar bastante e ter uma boa noite de sono. É muito mais fácil agora do que quando eu era mais jovem. Quando eu tinha o meu restaurante, o Silver Garden, eu tinha uma família para cuidar, e era muito mais difícil para mim. Na idade que eu estou agora, já não preciso mais me preocupar em pagar as contas, economizar dinheiro ou sustentar uma família. Meus filhos se sustentam. Meus amigos me ajudam. Tenho mais confiança e certeza dos meus sonhos e objetivos. Estou fazendo o que eu realmente amo fazer.

Que conselho ela daria para outras pessoas que pensam em abrir um negócio após os 50 anos ou então quando se aposentarem?

“Não fique pensando demais em uma ideia a ponto de desanimar. O tempo voa. Se você tem um sonho, comece agora. Arregace as mangas e se dedique. Você tem menos a perder quando você é mais velho. Seus filhos estão crescidos. Tem menos preocupações. Realize um sonho que vai fazer você feliz pelo resto da vida... não deixe a vida passar em branco.”

2. Kathy Dannel Vitcak

CEO & Fundadora, The Blissful Dog Inc.

Entrepreneurs over 50

A empresa The Blissful Dog teve início em 2003; sete anos depois, em vez de se aposentar, Kathy se dedicou ao empreendimento em tempo integral. A ideia para o produto que se tornou o carro-chefe do negócio, uma pomada para hidratar o típico nariz seco dos cães, surgiu quando Kathy visitou uma exposição canina. Ao passar manteiga de carité nos próprios cachorros, percebeu o incrível poder de cura dessa espécie de castanha. A parti dali, Kathy começou a compartilhar, com amigos, latinhas com uma formulação própria da manteiga, e também começou a vendê-las através de uma loja online experimental.

Atualmente, a marca possui cerca de 2500 itens, que são vendidos através da loja hospedada na Shopify e também por meio de parceiros presentes em dezenas de países.

“Depois de muitos anos de grande frustração com os carrinhos de compras da WordPress, eu descobri a Shopify no final de 2015. Migrei e fiquei simplesmente apaixonada por ela! Agora eu tenho as lojas TheBlissfulDog.com, TheBlissfulDogWholesale.com e TheBlissfulHorses.com, todas hospedadas na Shopify.”

Kathy nasceu para ser empreendedora: adora trabalhar e ficar ocupada, mas só descobriu isso na “melhor idade”.

“Aposentadoria, o que que é isso mesmo? Olha, eu até pesquisei no Google, mas vou falar para você que isso provavelmente não é para mim. Nós estamos quitando nossa fazenda mais rápido e economizando o máximo possível para quando chegar o dia da tal aposentadoria.”

Aposentadoria, o que que é isso mesmo? Olha, eu até pesquisei no Google, mas vou falar para você que isso provavelmente não é para mim.

Antes de abrir a The Blissful Dog, Kathy se aventurou em diferentes áreas, da moda ao design gráfico até casas noturnas. “Foi nos anos 80, em Dallas,” ela diz. “Nem queira saber.”

Kathy começou a carreira no ramo de animais de estimação trabalhando na gestão de duas grandes redes de lojas, antes de abrir um resort de pesca que aceita a presença de animais de estimação. O acúmulo de experiências, segundo ela, contribuiu para o sucesso.

“Minha experiência com design gráfico e construção de sites foi imprescindível. Os temas e os designers da Shopify são excelentes. Eu dei um grande salto quando aprendi a adaptar os temas e dar pra eles a cara eu queria. Também ganhei bastante experiência com a gestão de diversos aspectos de uma empresa. Com isso, fiquei com uma base sólida de conhecimento sobre atendimento ao cliente.”

Que dica valiosa ela daria aos futuros empreendedores em qualquer faixa etária?

“O mais importante é que eles têm de se divertir! O meu único conselho seria ter certeza de que existe de fato uma demanda pelos produtos ou serviços que eles pensam em oferecer. OK, eu tenho um segundo conselho: tente usar os próprios recursos o máximo que puder. De preferência, se possível, nunca faça dívidas, mas caso realmente precise pedir um empréstimo, estabeleça um prazo curto para pagamento (menos de seis meses).”

Ferramentas e recursos de negócios favoritos: boletins informativos e blog da ShopifyProduct Reviews da ShopifyShipStationSEO ManagerEasySlideCrush PicseClincherPlanolyPhotoshop CC da Adobe, InDesign.

3. Colleen e Jim Seiler

Cofundadores, Kushley

Entrepreneurs over 50

Colleen e Jim, os fundadores da Kushley, têm mais de 25 anos de experiência no ramo de controle de odores, vendendo produtos para muitas indústrias. Em 2011, quando uma amiga deles foi diagnosticada com câncer, o médico prescreveu cannabis para aliviar os sintomas. Para disfarçar o cheiro da fumaça, ela procurou o casal para pedir ajuda.

O resultado foi a Kushley, uma linha de produtos orgânicos para eliminar o cheiro de fumaça.

Em 2013, em memória a essa amiga, o casal (ambos com mais de 50 anos) adiou os planos de aposentadoria e abriu o negócio. Eles desenvolveram a Kushley "batendo de porta em porta", conforme explica Colleen, e também apresentando a marca em feiras e outros eventos.

Às vezes, Colleen se pega pensando: “Se eu tivesse começado essa empresa quando eu tinha meus 20 anos...”, ao mencionar a tecnologia como um desafio para quem tem a sua idade:

“Eu gostaria de acreditar que adquiri um pouco de sabedoria com os muitos anos de vida e a experiência com a empresa. Mas não acho que isso me dê mais vantagem em relação os muitos jovens empresários que tive a honra de conhecer, aprender e com quem trabalhei neste setor. O meu pique com certeza já não é o mesmo, e a tecnologia atual, sem dúvida, foi o maior desafio que eu tive de enfrentar, e às vezes ainda é assustador, especialmente na questão do comércio eletrônico.”

Escolha alguma coisa que você realmente ame fazer; nesta fase da vida, é fundamental ter prazer naquilo que se faz.

A solução? Ela conta com o apoio de sua comunidade. 

“Eu ainda tenho muito o que aprender, mas o melhor conselho que eu posso dar é o seguinte: escolha alguma coisa que você realmente ame fazer; nesta fase da vida, é fundamental ter prazer naquilo que se faz. Também é um bom momento para acolher e contratar gente jovem, que domina a tecnologia do presente e do futuro.”

Ferramentas e recursos de negócios favoritos: FacebookInstagramStatcounter, blogs da Wordtrackerblog da Shopify.

4. Renee Brown

Vice-Presidente, Weaver's Coffee & Tea

entrepreneurs over 50

Renee, juntamente com o marido e os sócios, dirige um império de bebidas quentes com sede em San Rafael, na Califórnia. A Weaver's Coffee & Tea, fundada originalmente com o nome de Wild Card Roasters em 2007 (no meio da crise financeira), atualmente comercializa chás e café torrado, orgânico e certificado para clientes no mundo todo. Além disso, cuidam de dois cafés movimentados na região da baía de São Francisco.

Renee começou a cuidar do operacional em 2015, mas já se desdobrava para dar conta das vendas, marketing, RP, redes sociais, desenvolvimento de produtos e desenvolvimento de negócios desde a criação da empresa.

Com um currículo incrivelmente diversificado, obtido ao longo dos anos, ela desenvolveu as competências necessárias para administrar um negócio bem-sucedido:

“Na faculdade, eu fiz Economia e também Ciências Políticas, com habilitação em Francês, o que me deu uma ótima base para me tornar uma empreendedora. Era para eu ter estudado Direito, mas desisti no último minuto e fui para a praia. Eu trabalhei em iates particulares por três anos. Era a maneira mais cara e lenta de ver o mundo. Viajar abriu meus olhos para diferentes culturas e, acabou me dando várias ideias de como abrir meu próprio negócio.”

Na opinião de Renee, administrar um negócio depois dos cinquenta anos tem suas vantagens:

“Com a idade, você se sente mais à vontade para dizer não às pessoas, tentando ser o mais simpático possível.”

No entanto, ela acredita que, além de tudo, também está lutando contra estereótipos:

“As pessoas têm ideias preconcebidas em relação a uma mulher de cinquenta anos que seja ativa no mercado de trabalho. Quando me veem, supõem que eu seja uma barista ou uma contadora. Nós trabalhamos com torrefação de café e blends de chás; temos uma empresa bem-sucedida de comércio eletrônico e centenas de clientes atacadistas, além de dois cafés muito movimentados na área da baía de São Francisco. Mas ainda existe a ideia preconcebida de que é um homem que dirige a empresa; nunca esperam que seja eu.”

As pessoas têm ideias preconcebidas em relação a uma mulher de cinquenta anos que seja ativa no mercado de trabalho. Quando me veem, supõem que eu seja uma barista ou uma contadora.

Que conselho ela daria aos futuros empreendedores em qualquer faixa etária?

“Faça algo que você ame; tenha paixão e comprometimento pelo negócio, mas o mais importante de tudo é persistência. Contrate devagar e demita rapidamente. As empresas são feitas com pessoas, vendas e marketing. Com as pessoas certas e com boas estratégias de vendas e de marketing, você vai se dar muito bem.”

Recursos de negócios favoritos: blog da Shopify, Harvard Business Review, Entrepreneur, Forbes, Bloomberg, Reuters, Financial Times, Wall Street Journal.

5. Rebecca e Steve Wilson

Proprietária / Sócio-gerente, YourBagTag.com

Entrepreneurs over 50

Rebecca abriu a empresa em 2006, quando um amigo veio perguntar se ela poderia fazer uma etiqueta de bagagem mais bacana. A resposta foi “sim”. Juntamente com o marido, Rebecca criou uma empresa de etiquetas personalizadas para malas; em seguida, passou a produzir também etiquetas para a prática de mergulho e outros esportes aquáticos. Atualmente, a empresa vende para mais de 300 lojas de mergulho no varejo. Em 2015, eles transferiram a empresa para a Shopify.

Quando começaram a empresa, aos 46 e 51 anos, respectivamente, Rebecca e Steve ainda criavam os filhos e tinham outro trabalho, mas agora planejam manter o negócio até se aposentarem em definitivo.

“A empresa foi muito importante para que a gente pudesse colocar nossos dois filhos na faculdade, e tem nos ajudado a guardar dinheiro para nossa aposentadoria, agora que eles já se formaram.”

Rebecca diz que cuidar da gestão da empresa, na sua idade, tem seus altos e baixos:

“Meu marido Steve teve a grande vantagem de ter trabalhado na área digital antes mesmo que a internet fosse usada como um empreendimento comercial. A vantagem de começar mais jovem é que você tem um caminho mais longo, e então você pode se arriscar. Quando você tem 25 anos, e faz tudo o que está ao seu alcance mas falha, você tem décadas pra tentar novamente. Quando você está na faixa dos 50 ou 60 anos, já é outra história. Eu me tornei muito mais avessa ao risco agora que estou mais madura, mas isso não é necessariamente uma coisa boa.”

Que conselho ela daria aos futuros empreendedores com mais de 50 anos?

“Encontre o nicho pelo qual você realmente é apaixonado e não tenha medo de correr atrás. Você não para de sonhar aos 50 anos. Permaneça um aprendiz por toda a vida. A maioria dos nossos amigos tem trinta e poucos anos e ajudam a manter nossa mente ativa. Encontre um meetup de empreendedores ou um grupo de mastermind e participe ativamente das conversas. Esteja aberto para que suas ideias sejam contestadas por pessoas mais jovens do que você.”

Encontre o nicho pelo qual você realmente é apaixonado e não tenha medo de correr atrás. Você não para de sonhar aos 50 anos. 

Recursos de negócios favoritos: Product Customizer da ShopStorm, Quantity Breaks da Bold, MailChimp, blog da Shopify, the MailChimp What's in Store email newsletter, livros de Chip e Dan Heath ("Made to Stick", "Switch", "Decisive"), podcasts (Masters of Scale, The Unpodcast, How I Built This, Indie Brand Builder, e o Podcast da Shopify).

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

atendimento@shopify.com

6. Jaswant Kular

Cofundadora e Chef Executiva, Jaswant’s Kitchen

Entrepreneurs over 50

Jaswant queria uma maneira fácil de ensinar às filhas a arte da tradicional culinária indiana. Por isso, procurou pelos ingredientes, mas descobriu que muitos continham conservantes, corantes ou aromatizantes, entre outros produtos químicos, além de muita gordura. Aos 60 anos, começou a preparar misturas de especiarias para amigos, familiares e clientes de sua empresa de nutrição. Motivada pela reação positiva, participou de uma feira de alimentos, onde vendeu toda a produção que tinha levado.

O negócio, dirigido por Jaswant e suas três filhas, foi transferido para a Shopify em 2013, e os produtos estão agora disponíveis em mais de 100 lojas.

Enquanto criava sua família, Jaswant passou muitas horas na cozinha, o que a ajudou a sofisticar as receitas. No entanto, atribui seu sucesso como empreendedora à experiência de vida:

“Eu desempenhei muitos papéis na minha vida antes de abrir essa empresa: professora universitária, dona de casa, mãe de quatro filhos, gerente de negócios, corretora de imóveis, voluntária, educadora comunitária e nutricionista. Além disso, lidei com muitas situações de vida que testaram minha capacidade de manter a paciência, trabalhar longas horas, fazer várias tarefas ao mesmo tempo, aprender novas habilidades, lidar com pessoas difíceis e permanecer equilibrada, feliz e saudável. Quando penso no passado, eu me sinto muito feliz com a minha jornada e o resultado final. Eu acho que eu não iria conseguir ter esse tipo de negócio de jeito nenhum quando eu era mais nova. Eu não era nem mesmo uma boa cozinheira. Eu não sabia do que o mundo ao meu redor precisava, ou que eu poderia fazer a diferença. Eu tive que acumular toda essa experiência ao longo desses anos para chegar onde estou hoje.”

Eu realmente acho que a idade é só um número. Se alguém tem saúde física e mental, a idade não deve ser um obstáculo para começar alguma coisa nova.

Que conselho ela daria aos futuros empreendedores com mais de 50 anos?

“Meu conselho para outras pessoas na faixa dos cinquenta é não ter medo. Você está prestes a viver o melhor momento da sua vida. Não há mais preocupação em cuidar dos filhos. Finalmente chegou sua vez de viver sua vida do jeito que você quiser. É muito trabalho, mas a recompensa também é muito maior.”

Ferramentas e recursos de negócios favoritos: Shopify, Retail Store Locator.

7. Rob Urry

Cofundador e CEO, Kogalla

Entrepreneurs over 50

Depois de se aposentar em 2012, Rob comprou um trailer de 12 metros com 5 rodas e começou a viajar por seu estado natal, Utah, e também para outros lugares. Ao equipar o trailer com os itens de iluminação importantes, como faróis, lampiões e lanternas, ele se decepcionou com o que estava disponível no mercado, e por isso decidiu projetar um trailer por conta própria.

Dois anos depois, Rob abandou a vida de aposentado e abriu a Kogalla com um sócio, para fabricar produtos de iluminação de alto desempenho para viagens de aventura.

“Eu abri minha empresa aos 52 anos. Depois que passou a empolgação com a aposentadoria, eu senti que precisava criar e construir alguma coisa, então eu voltei para o mundo dos negócios. Eu sempre quis abrir a minha própria empresa, mas foi difícil abdicar dos benefícios da carreira de executivo.”

Depois que passou a empolgação com a aposentadoria, eu senti que precisava criar e construir alguma coisa.

Antes de trilhar o caminho do empreendedorismo, Rob foi presidente do Harman Music Group. A extensa experiência comercial que acumulou foi extremamente importante para iniciar o próprio empreendimento, mas a idade, segundo ele, também tem suas desvantagens:

“Em termos de concepção de produto, controle de documentos, busca de fornecedores e promoção da marca, as experiências anteriores ajudaram muito. Nós conseguimos criar um produto robusto e de alta qualidade a um custo competitivo. Do ponto de vista de mercado, passamos bastante tempo e gastamos dinheiro desaprendendo nossos antigos modelos corporativos e reaprendendo as estratégias de vendas online e de marketing nas redes sociais. Neste sentido, o blog da Shopify foi um guia muito útil.”

Qual conselho ele daria aos futuros empreendedores com mais de 50 anos?

“O meu conselho é que, se você não quiser mergulhar de cabeça em redes sociais, SEO, design de sites adaptados para dispositivos móveis, etc., você precisa ter um sócio que faça isso.”

Se você não quiser mergulhar de cabeça em redes sociais, SEO, e-mail e design de sites adaptados para dispositivos móveis, etc., você precisa contratar um sócio que faça isso.

8. Linda Bee

Proprietária/Fundadora, Divaland Lights

Entrepreneurs Over 50

Embora a Divaland Lights tenha entrado na Shopify recentemente, Linda tem a empresa há três anos. O negócio já vinha prosperando, com vendas em uma loja e em mercados, mas a migração para o comércio eletrônico é um esforço de expansão e conquista de clientes internacionais.

Acho que a idade é um trunfo quando se trata de empreendedorismo.

A Divaland Lights foi criada pelo artista David Mizrahi, e Linda toma conta do crescimento, do marketing e das vendas. Ao contrário de vários outros donos de lojas na Shopify, Linda foi empreendedora durante a maior parte de sua vida.

“Acho que a idade é um trunfo quando se trata de empreendedorismo,” diz Linda, que compartilha com outros empresários aquilo que aprendeu a duras penas:

“Se você tiver a motivação, não a deixe escapar. Se você tiver de se esforçar demais e não ficar satisfeito, recue. Quando você tem um objetivo final em mente, a motivação raramente diminui; basta permanecer focado e viver um dia de cada vez. Eu sempre investi duas horas por dia em pesquisa e aprendizado. A outra coisa que eu sugiro é a seguinte: quando você começar a ser bombardeado com informações (que resultarão da pesquisa que você faz quando preenche formulários pedindo mais informações), não tome decisões de compra imediatamente, porque essas ofertas inevitavelmente voltam a surgir pela metade do preço, ou aparece alguém que está disposto a vender seus conhecimentos (sobre automação) pela metade do preço cobrado pelos concorrentes.”

Ferramentas e recursos de negócios favoritos: Loyalty Lion, Xero.

9. Carole Baskin

Fundadora e CEO, Big Cat Rescue

O principal negócio de Carole, um santuário sem fins lucrativos com o objetivo de ajudar a acabar com o abuso contra grandes felinos nascidos e criados em jaulas, foi fundado em 1992. A loja sem fins lucrativos da organização migrou para a Shopify há vários anos e apenas este ano, aos 55 anos, Carole abriu uma segunda loja com fins lucrativos para apoiar o trabalho legislativo para proteger felinos exóticos. “As organizações sem fins lucrativos são muito limitadas nessa área,” explica, “mas são o elemento mais importante de mudança.”

O negócio não é um projeto de aposentadoria ou mesmo o trabalho em tempo integral de Carole, que trabalha como investidora imobiliária desde os 19 anos.

“Eu estou gostando tanto do dropshipping e da Shopify que estou procurando maneiras de converter um negócio milionário, no ramo de imóveis, em vendas online. Eu quero tocar a minha vida morando na praia.”

Carole diz que sua idade é um trunfo porque aprendeu ao longo do tempo o que é realmente importante:

“Eu acho que o sucesso dos empreendedores em série resulta das tentativas e erros. Toda vez que você é bem-sucedido, você aprende um pouco, mas toda vez que você falha, você aprende muito! Tanto os acertos quanto os erros acontecem ao longo do tempo, então eu acredito que a idade ajuda, mas é importante tentar e falhar logo de cara, caso isso tenha de acontecer, e daí seguir em frente. À medida que eu envelheço, me acho menos interessada em ganhar dinheiro e mais interessada em fazer a diferença. Como consequência, o lado bom é que eu ganho mais dinheiro com mais facilidade, e ainda por cima, consigo aproveitar o fato de que faço a diferença.”

Toda vez que você é bem-sucedido, você aprende um pouco, mas toda vez que você falha, você aprende muito!

E o que ela tem a dizer aos futuros empreendedores com mais de 50 anos?

“Mãos à obra! Os filhos já foram embora de casa. Você descobriu o que é e o que não é importante. Agora é hora de realmente entrar de cabeça e mudar o mundo.”

Ferramentas e recursos de negócios favoritos: CustomCat, Printful, a intregração entre a Amazon e a Shopify, os aplicativos da Bold, podcasts (Online Marketing Made Easy w/ Amy Porterfield, SEO 101, The Amazing Seller, e vários outros).

No Brasil, também há diversos exemplos de empreendedores maduros que não tiveram medo de arriscar, segundo mostra esta reportagem:

Sejam famosos, como o jornalista Roberto Marinho, que fundou a TV Globo aos 61 anos, ou anônimos, os empreendedores mais maduros devem aproveitar as oportunidades e encarar os desafios do empreendedorismo.

Na matéria exibida no vídeo acima, a consultora do Sebrae, Rachel Dornelas, explica, por um lado, que a bagagem acumulada que pode ser de grande valia na hora de empreender; no entanto, também ressalta a necessidade de capacitação contínua: um conselho que vale, na verdade, para todos os empreendedores, independentemente da idade. Sendo assim, se você está na melhor idade e pensa em abrir um negócio, inspire-se nas histórias de vida que contamos neste artigo e seja você também um empreendedor de sucesso.

Encerramos com as sábias palavras de uma das empreendedoras retratadas:

“Todo mundo tem alguma coisa que faz os olhos brilharem. Talvez esteja enterrado lá no fundo, dentro de nós. Precisamos encontrar essa paixão em nós mesmos, entrar em paz com nossos medos e deixar o universo conspirar a nosso favor.” – Jaswant Kular, Jaswant’s Kitchen

Você abriu um negócio após os 50 anos de idade? Conte sua história e compartilhe seus conselhos nos comentários abaixo.


Which method is right for you?Sobre a autora

Gabriela Jungblut é editora-chefe do blog da Shopify em português, gestora de marketing de conteúdo para o mercado brasileiro, tradutora e intérprete de conferências.

Post original em inglês: Dayna Winter

Tradução e localização: Armando Silveiro

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

atendimento@shopify.com


Receba o Newsletter Empreendify