Como o marketing para Instagram pode ajudar a sua loja

11 Março, 2019

Quando falamos de canais de marketing nas redes sociais, é impossível não mencionar uma das grandes potências do jogo: o Instagram. Ao se estabelecer como uma plataforma primariamente visual, o Instagram tornou-se também um dos melhores canais para e-commerces que querem não só expandir o alcance da marca, mas interagir com o público-alvo.

O ritmo de crescimento do Instagram ao longo dos últimos anos foi bastante similar ao do Facebook, e vale destacar não apenas a rápida adoção de novos recursos por parte da plataforma, mas também o crescimento da marca em termos de valor tanto para os usuários como para as lojas e e-commerces.

Neste pequeno guia para iniciantes, vamos discutir um pouquinho mais sobre os conceitos básicos do marketing para Instagram: como otimizar o perfil, como criar posts com alto envolvimento de clientes e seguidores, como utilizar o feed e os Stories para criar conteúdos exclusivos e, claro, como avaliar o seu progresso na plataforma.

Por que o Instagram é um bom canal para estratégias de marketing?

O Instagram tornou-se parte essencial de toda e qualquer estratégia de marketing de muitos e-commerces pelo mundo afora – e por uma boa razão: a plataforma conta com um grande número de usuários dispostos a conversar e criar novas relações com marcas, o que gera uma taxa de envolvimento bastante elevada.

Os benefícios acima já foram assinalados por diversas pesquisas e estudos de caso, mas vale lembrar que eles não são apenas pontos positivos; são dados que podem resultar em novas vendas e novos clientes em potencial.

Aqui estão alguns fatos que já sabemos sobre o potencial de vendas da plataforma:

  • 80% dos usuários segue ao menos uma marca no Instagram, e 60% deles afirmam que já descobriram um novo produto ou serviço graças à plataforma;
  • Ao menos 30% dos usuários do Instagram já compraram produtos que foram anunciados pela plataforma;
  • 65% dos posts mais populares (ou com melhor desempenho) do Instagram incluem produtos.

Trocando em miúdos, a maioria das pessoas não se incomoda de seguir o perfil de uma loja no Instagram, da mesma maneira que não se incomoda de descobrir e mesmo comprar novos produtos por meio da plataforma. Boas notícias para um empreendedor!

Outro elemento importante está na própria receptividade do Instagram, que vem fazendo esforços contínuos para integrar a realidade do e-commerce à plataforma.

De fato, os anúncios pagos do Instagram têm gerado resultados excelentes, além de altíssimas taxas de envolvimento. O botão “Comprar Agora” também simplificou o processo de vendas pelo Instagram, possibilitando uma nova forma de anunciar e comprar, mais rápida e eficiente. Para completar, não podemos esquecer do “Ver mais”, recurso liberado apenas para perfis com mais de 10 mil seguidores e que permite redirecionar visitantes para o site oficial da loja ou qualquer outro link (algo que, até então, era quase impossível de ser feito na plataforma).

Os recursos e lançamentos listados acima são provas de que o Instagram está em constante evolução, transformando-se em uma plataforma cada vez mais valiosa para os empreendedores e para as marcas do e-commerce que possuem produtos com forte apelo visual.

Como otimizar seu perfil do Instagram

A maioria dos empreendedores e lojistas já sabe o básico na hora de criar um perfil virtual da marca: informações para contato, uma descrição com palavras-chave importantes e uma foto de perfil que seja facilmente identificável, como por exemplo o logotipo da marca. Pode ser pouco, mas já é um ótimo começo.

No entanto, nem todo mundo sabe que o Instagram realizou algumas mudanças que afetam especialmente os perfis empresariais. Para otimizar ao máximo o restrito espaço do seu perfil, você pode utilizar os recursos abaixo:

  • Hashtags clicáveis. Essas hashtags podem ser incluídas na bio da loja; basta inserir o # e digitar a frase que quiser, tal como se estivesse criando uma hashtag em um post.
  • Links clicáveis na bio. Se você ainda não alcançou a marca de 10 mil seguidores, deve saber que o único espaço disponível para a inclusão de links é o espaço da bio. Pode parecer pouco, mas a verdade é que você pode fazer muito mesmo dentro de um espaço tão restrito: se, além do seu e-commerce, você tem uma empresa irmã e gerencia os dois perfis, pode usar os links para redirecionar o tráfego de uma marca para outra; se está lançando um sorteio ou concurso em parceria com outra loja, pode usar o link para revelar o ganhador; e assim por diante.
  • Destaques dos Stories. Ainda vamos discutir os Destaques em mais detalhes neste guia, mas por enquanto é importante lembrar que este recurso relativamente novo permite a publicação de Stories que já “expiraram” (ou seja, que já ultrapassaram a marca das 24 horas) em pequenos grupos temáticos que são exibidos no perfil da loja. Isso significa que aquele excelente conteúdo que você postou em um Story pode ser reciclado na forma de um Destaque, contribuindo para um perfil mais singular – e uma marca com muitos conteúdos especiais.

Vejamos um exemplo da Farm, que combina no seu perfil os três elementos listados acima:


Você tem uma ideia de negócios?

Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!


 

Quais são os tipos de imagens e vídeos compatíveis com a plataforma?

Para conseguir resultados concretos no Instagram, você precisa primeiro saber quais são os conteúdos mais populares na plataforma. É verdade que cada público-alvo e cada nicho apresentará um resultado diferente, mas, por sorte, já temos muitos dados consolidados de pesquisas anteriores.

Quando a pergunta é “qual é o tipo de publicação que meus seguidores querem ver”, a resposta geralmente é bastante abrangente. A maioria dos usuários do Instagram não se incomoda de encontrar posts pagos, frases motivacionais, imagens de produto, conteúdos em vídeo ou publicidade com conteúdo gerado por outros seguidores. No entanto, muitos se incomodam se receberem sempre o mesmo tipo de publicidade. O segredo, portanto, é diversificar.

É verdade que os vídeos são mais dinâmicos e possuem um grande potencial para o compartilhamento de ideias e informações, mas algumas pesquisas do mercado norte-americano já indicam que as fotos alcançam uma taxa de envolvimento significativamente mais alta. Se você mesmo assim quiser fazer vídeos e publicá-los no Instagram, lembre-se de criar conteúdos rápidos e pequenos. A maioria dos usuários da plataforma costuma acessar esses conteúdos pelo celular, o que implica também pouca disponibilidade para visualizar algo que tenha mais de quinze segundos.

Outra dica importante é a de variar os efeitos da câmera. Você não quer deixar seus seguidores com dor de cabeça por conta daqueles cinco vídeos feitos com o Boomerang, não é?

Qualquer que seja a forma do conteúdo que você deseja criar, tenha em mente que, além da mensagem, o mais importante é o visual: o elemento estético daquilo que você vai publicar. O Instagram é, afinal de contas, uma plataforma visual.

Graças ao Curalate, plataforma que ajuda empreendedores do e-commerce a criar estratégias de marketing nas redes sociais, nós já sabemos quais são os tipos de conteúdos mais populares no Instagram:

  • Imagens em tons mais claros apresentam um desempenho melhor do que imagens em tons escuros;
  • Conteúdos com um grande espaço de plano de fundo, branco ou colorido, são priorizados;
  • Imagens com tons de azul ou tons do mesmo espectro são mais palatáveis do que imagens com tons de vermelho. Da mesma maneira, imagens com apenas uma cor dominante costumam ser mais bem-recebidas do que imagens com muitas cores dominantes;
  • Imagens que contrastam texturas são bastante populares.

    Como aproveitar ao máximo as hashtags do Instagram

    As hashtags nasceram no Twitter e, embora nunca tenham decolado dentro do Facebook, elas certamente se tornaram uma marca registrada do Instagram (e aliadas poderosas para o marketing na plataforma). Parte do sucesso vem da simplicidade: basta inserir uma # e digitar o que quiser. O resultado vira uma hashtag e, instantaneamente, um tópico que pode ser clicado e acessado.

    O mais interessante é que, agora, os usuários do Instagram também podem seguir as hashtags da mesma forma que seguem os perfis. Isso amplia significativamente a quantidade de conteúdos aos quais essas pessoas são expostas, criando uma excelente oportunidade para marcas que desejam ampliar o seu alcance.

    Os seis tipos de hashtag que você pode utilizar

    Se você quiser expandir a sua marca, conquistar mais seguidores e alcançar bons resultados com o marketing no Instagram, precisa saber usar os tipos certos de hashtag.

    Atualmente, contamos com seis grupos diferentes de hashtags, primordiais para e-commerces que estão construindo novas estratégias de marketing.

    Hashtags da marca: marcas de e-commerce que estão no Instagram podem (e devem) construir uma hashtag exclusiva da loja. Essa hashtag costuma ser incluída nas postagens da marca, na bio e pode até mesmo funcionar como um canal de comunicação entre os seguidores e a loja, permitindo o compartilhamento de conteúdos gerados pelos seguidores. A Farm, por exemplo, usa a #tonoadorofarm. Vale lembrar ainda que a hashtag não precisa, obrigatoriamente, incluir o nome da marca.

    Hashtags exclusivas para concursos ou sorteios: essas hashtags também são hashtags exclusivas da marca, mas a diferença é que elas só são utilizadas em situações específicas, como concursos e sorteios. Além de divulgar o evento, essas hashtags também atuam como marcadores que rastreiam as fotos e os conteúdos enviados pelos participantes da promoção. Na hora de divulgar a hashtag, vale também incluir outras mais genéricas como #sorteio ou #sorteioinstagram.

    Hashtags de apelo geral: algumas hashtags são utilizadas por praticamente todos os usuários do Instagram e podem ser bastante úteis para marcas que desejam alcançar um novo público-alvo. Alguns exemplos são #adoromeutrabalho e #nofilter.

    Hashtags de nicho: é inevitável que os nichos construam hashtags relevantes apenas para os seus públicos-alvo. Essas hashtags podem até não apresentar o mesmo alcance que as hashtags de apelo geral, mas elas certamente são importantes na construção de um tráfego de qualidade. Se você está vendendo acessórios temáticos do Harry Potter, por exemplo, pode incluir a hashtag de nicho #harrypotter em suas publicações.

    Hashtags temáticas ou sazonais: eventos temáticos, feriados ou assuntos que estão na moda podem render uma excelente hashtag e, é claro, impulsionar ainda mais as vendas da sua loja. Muita gente acaba procurando hashtags que sejam relevantes naquele momento, então pode ser uma boa investir no #carnaval nas semanas antes da folia, no #natal em dezembro e assim por diante.

    Hashtags divertidas: por último, as hashtags que certamente não serão úteis para impulsionar as suas publicações e muito menos para gerar tráfego de qualidade, mas que certamente ajudarão a criar uma identidade divertida e engraçada para a sua loja. O objetivo de hashtags como #nemseioquedizer, #queriadizer, #partiudormir é justamente criar um efeito cômico e, se você preferir, pode criar frases com mais de uma hashtag: #nemseioquedizer, #masvoudizermesmoassim.

    Para otimizar os resultados, pesquise bem as hashtags que deseja utilizar e tente criar diferentes combinações em cada nova publicação. Isso não só ajuda a consolidar a sua marca dentro do Instagram como também amplia o alcance do perfil.

    Práticas recomendadas para a utilização de hashtags

    A utilização de hashtags é um dos fatores mais importantes para o sucesso de um perfil do Instagram e, por sorte, é extremamente simples. Com as práticas recomendadas que listamos abaixo, você terá as dicas certas para maximizar o alcance da sua marca:

    • Utilize a hashtag da marca no seu perfil;
    • Coloque as hashtags divertidas logo no início da lista de hashtags de uma publicação, para aumentar as chances de que sejam lidas;
    • Use muitas hashtags em todas as publicações. O limite estabelecido pelo Instagram é de 30 hashtags por post, mas alguns estudos já indicam que o número ideal é entre 8 e 11 delas.
    • Diversifique: não utilize sempre as mesmas hashtags. Isso não só aumenta a visibilidade do perfil entre diferentes públicos como também ajuda a evitar que ele seja sinalizado como spam pela plataforma. Se necessário, crie pequenas listas com hashtags semelhantes para fazer uma espécie de rodízio todos os dias.
    • Explore com bastante atenção todas as hashtags que pretende utilizar no perfil da loja. Com esse exercício, você pode descobrir novas hashtags e identificar outras que já foram banidas pelo sistema.

      Instagram Stories: alguns pontos importantes

      O Instagram Stories começou como um recurso “emprestado” do Snapchat: uma maneira divertida de compartilhar fotos e vídeos com os seguidores. Depois de 24 horas, o conteúdo simplesmente desaparecia da plataforma.

      Hoje, no entanto, os Stories são uma parte essencial do Instagram. Antes apenas mais uma maneira de compartilhar conteúdo, eles se transformaram em um canal de publicidade e, agora, na forma dos Destaques, podem ser acessados sempre que necessário – tal como as fotos do feed.

      Vejamos, então, como utilizar esse recurso tão poderoso.

      5 maneiras de utilizar os Stories em um perfil comercial

      As estratégias que vamos apresentar são apenas a ponta do iceberg: vale lembrar que existem outras possibilidades e que, obviamente, cada uma delas trará um benefício diferente para a sua loja.

      1.Compartilhar conteúdo gerado por usuários

      Se você está buscando uma estratégia certeira, por que não investe na publicação de conteúdos gerados pelos usuários? Os seguidores da sua marca vão adorar saber que você se importa com o que eles estão postando ao ponto de republicar isso nos Stories da loja. Além da sua popularidade, o conteúdo gerado por usuários também é uma incrível ferramenta de prova social (e reduz a necessidade de criar novos conteúdos todos os dias).

      2. Criar novos conteúdos moldados pela opinião dos seguidores

      Os Stories também podem ajudar você a descobrir um pouco mais sobre as opiniões dos seus clientes e seguidores. Além de atuarem como um excelente canal para a obtenção de novos conteúdos gerados por seguidores, os Stories também são um espaço para feedbacks imediatos: é só usar os adesivos de enquete (que, aliás, também ajudam a gerar uma prova social imediata para a loja).

      3. Compartilhar momentos especiais de um evento

      Os Stories também são um bom lugar para promover um evento e registrar os momentos mais importantes do dia. Com esse tipo de publicação, você pode abrir um canal mais direto de comunicação com os seus seguidores (ainda mais se registrar tudo por vídeo) e aumentar o número de visualizações dos Stories.

      4. Autenticidade acima de tudo

        Pela sua própria natureza efêmera, os Stories costumam ser mais divertidos e descontraídos do que as publicações oficiais do feed. Por isso mesmo, sinta-se à vontade para mostrar os bastidores da sua loja e criar conteúdos mais relaxados.

        5. Fazer uma transmissão ao vivo (live)

        Recurso amplamente utilizado por influenciadores e celebridades, a transmissão ao vivo permite a gravação e a transmissão imediata de vídeos gravados pelo celular e gera um canal de interação direto com os seguidores. Em uma live, você pode fazer uma sessão de perguntas e respostas, falar sobre um tema específico, entrevistar um convidado e muito mais. Vale lembrar ainda que, depois de encerrada, a live pode ser armazenada dentro dos Stories.

        Se quiser saber mais sobre o potencial dos Stories em uma estratégia de marketing, recomendamos a leitura de um outro artigo do blog: Motivos para usar o Instagram Stories na sua estratégia de marketing.

        Como ampliar a vida útil dos Stories

        Até pouquíssimo tempo atrás, os Stories desapareciam para sempre 24 horas depois da publicação (tal como o recurso do Snapchat que comentamos anteriormente). O Instagram logo percebeu que o ROI gerado por esse conteúdo também poderia desaparecer, e foi por isso que decidiu lançar um novo recurso: os Destaques.

        Os Destaques são exibidos logo abaixo das informações da bio do perfil e antes do feed. Neles, você pode adicionar todo e qualquer Story depois das 24 horas de exibição do mesmo.

        A Forever21, por exemplo, tem 5 grupos de Destaques: Promoções, Takeovers, Trends, Novidades e F21 Men.

        Você também pode optar por criar Destaques com os conteúdos gerados por usuários, ou mesmo um grupo de Destaques que conte um pouquinho mais sobre a história da marca. Lembre-se de que o objetivo é ajudar o cliente a conhecer mais sobre a sua marca; portanto, utilize o conteúdo que você julgar mais relevante.

        Para criar um novo Destaque, acesse o seu perfil e selecione a opção “Novo”.

        Você precisará dar um nome para o Destaque e, em seguida, selecionar os Stories que deseja incluir. Atenção: é possível editar os Stories a qualquer momento, seja para incluir novos ou remover conteúdos antigos.

        Comprar no Instagram: como utilizar as tags de produto

        Recentemente, o Instagram liberou as tags e adesivos de produto para perfis comerciais (atenção: o perfil precisa ser aprovado pela plataforma). Com essas tags e adesivos, os seguidores de uma loja podem simplesmente tocar na foto do feed ou dos Stories para saber um pouco mais sobre os itens em questão. É possível até mesmo redirecioná-los para o site da loja, eliminando assim algumas etapas do processo de compra.

        A Shopify também oferece aos seus parceiros e lojistas um canal de vendas exclusivo no Instagram. Com ele, os seguidores de uma marca podem realizar as compras diretamente pelo app do Instagram, sem precisarem acessar o link da loja (que, normalmente, está presente apenas na bio).

        Além de facilitar o processo de compra para os usuários e, portanto, aumentar as chances de que eles se tornem clientes fidelizados da marca, os adesivos de compra também conseguiram solucionar um dos maiores desafios de marketing do Instagram: a impossibilidade de incluir links em publicações.

        A melhor parte é que o canal de vendas da Shopify possui uma instalação extremamente fácil. Se quiser começar a vender ainda hoje, é só clicar aqui para saber mais.

        Os lojistas da Shopify também têm a possibilidade de incluir, no site da loja, uma galeria de imagens extraídas do Instagram. Com essa integração, os clientes da loja podem visitar o perfil da marca e verificar todas as provas sociais e conteúdos gerados por outros usuários – aumentando, assim, a chance de novas compras.

        Com apps como o Instafeed e o Shoppable Instagram Galleries, você pode montar uma galeria de produtos com imagens do Instagram em poucos minutos.

        Como fazer um sorteio ou concurso

        Sorteios e concursos são estratégias particularmente populares no Instagram. O motivo para isso é simples: todos nós gostamos da ideia de ganhar alguma coisa sem precisar pagar nada por isso.

        Algumas regras importantes

        Antes de começar a planejar o primeiro sorteio da sua loja no Instagram, é importante relembrar algumas regras e outros parâmetros relevantes estipulados pela própria plataforma. Está tudo descrito em detalhes aqui, mas nós fizemos um resumo para assinalar as partes mais importantes:

        • Não é permitido, em hipótese alguma, sugerir que o Instagram esteja diretamente envolvido no sorteio;
        • Você não pode solicitar que os usuários marquem a si mesmos ou outras pessoas em imagens e fotos nas quais eles simplesmente não aparecem;
        • Você deve estar de acordo com as leis e regulamentações locais, incluindo restrições de idade, elegibilidade e itens ofertados;
        • As regras para participantes devem ser explicitadas antes do início do evento.

          Tipos de sorteios e concursos que você pode criar

          É possível criar diversos tipos de sorteios e concursos no Instagram. Cada um deles, é claro, trará benefícios diferentes para a loja; por isso mesmo, muitos lojistas costumam criar eventos diferentes para maximizar os resultados e também o ROI da marca.

          Dentre os tipos mais comuns, destacamos os quatro sorteios a seguir:

          • Marque um amigo nos comentários: projetados para atrair a atenção de usuários que possivelmente ainda não conhecem a sua marca, os sorteios do tipo “marque um amigo” não funcionam bem em todos os nichos. No entanto, se utilizados corretamente, podem aumentar drasticamente o alcance da marca (e o envolvimento dos seguidores);
          • Siga o perfil da loja: normalmente utilizada como etapa de uma promoção e não como um sorteio ou concurso em si, a chamada para ação “siga o perfil da loja” pode trazer resultados mais duradouros do que apenas um número elevado de comentários em um post;
          • Deixe um comentário: muitos concursos acabam sendo realizados exclusivamente nos comentários de uma postagem, o que é visto pelos usuários como algo simples e que não requer grandes etapas. Por isso mesmo, o número de participantes costuma ser bastante elevado;
          • Concursos de fotos e imagens:esta última modalidade de concursos do Instagram solicita que os seguidores enviem fotos ou vídeos originais (seja por meio de uma hashtag ou por um outro canal oficial). Por mais que ofereçam um conteúdo extremamente precioso para futuras estratégias de marketing, esses concursos também demandam muito tempo e energia dos participantes, então é importante anunciar um bom prêmio capaz de atraí-los.

            Softwares para concursos: prós e contras

            Os concursos e sorteios realizados pelo Instagram podem ser gerenciados por meio de alguns softwares existentes no mercado. No entanto, a utilização dessas ferramentas nem sempre é uma experiência inteiramente positiva.

            O fato é que esses softwares representam um gasto mensal de cerca de US$ 30 ou mesmo US$ 50 por mês e podem atrasar o lançamento de um sorteio, já que necessitam da configuração de páginas externas à plataforma do Instagram. Este último fator, aliás, sinaliza para outro ponto negativo desses softwares: o sorteio não acontecerá exclusivamente no Instagram, fazendo com que os usuários precisem clicar em um link e começar o processo em uma nova página.

            No entanto, os softwares para concursos também possuem algumas vantagens – e a principal delas é que o processo de monitorar os participantes e escolher o vencedor costuma ser bem mais simples do que se realizado pelo Instagram. Alguns softwares conseguem até escolher o vencedor de maneira totalmente aleatória e gerar dados extremamente relevantes para as próximas campanhas de marketing.

            Com os softwares para concursos, os sorteios e promoções também se tornam mais flexíveis: é possível incluir outros recursos que simplesmente não existem no Instagram, e você também pode recuperar informações valiosas para a fidelização de clientes, como endereços de e-mail e números de telefone.

            Se você eventualmente optar por realizar sorteios e concursos com o auxílio de um software, experimente o ShortStack, o Wishpond ou mesmo o Woobox. Os três estão em inglês, mas possuem uma interface bastante intuitiva.

            O que você precisa saber sobre a análise de dados do Instagram

            O Instagram conta com uma plataforma própria e extremamente detalhada para a análise de dados, mas é importante destacar que este recurso só está disponível para perfis empresariais.

            Para utilizar essa plataforma, basta acessar o seu perfil e clicar no pequeno símbolo de gráfico que é exibido no canto superior direito da tela. Lá, você poderá ver dados como:

            • O número total de visitas que o perfil da loja recebeu;
            • O número total de cliques que o site da loja recebeu;
            • Alcance total (número de perfis privados que visitaram o perfil da loja);
            • Número total de impressões (número de vezes que as suas publicações foram visualizadas);
            • O desempenho de cada postagem, incluindo taxas de envolvimento e impressões;
            • Número total de visualizações dos Stories.

            Você também pode acessar algumas informações sobre o seu público-alvo, como:

            • Número de seguidores e tendências recentes de crescimento;
            • Detalhamento por idade e sexo;
            • Localização geográfica;
            • Atividade dos seguidores, filtrada por dias e horários (o que pode ser útil na hora de determinar os melhores horários do dia para novas postagens).

            É verdade que a análise de dados do Instagram não é tão detalhada quanto o Audience Insights do Facebook; contudo, ainda é um recurso que pode auxiliar o progresso de uma marca dentro da plataforma. Com ele, é possível acessar informações relevantes para o planejamento estratégico de crescimento da marca.

            Além disso, uma análise comparativa que envolva essas informações e as suas postagens mais populares pode ajudar a detectar tendências e parâmetros importantes.

            Por último: aproveite!

            O Instagram é uma plataforma com muito potencial para e-commerces e lojas virtuais dos mais diversos nichos. Explore os recursos, ferramentas e possibilidades presentes na plataforma – e use-os para criar novos conteúdos e descobrir novos clientes!

            Se você quiser aproveitar ao máximo os recursos de marketing no Instagram, aqui está uma pequena lista com leituras recomendadas:

             


            Which method is right for you?Sobre a autora

            Gabriela Jungblut é editora-chefe do blog da Shopify em português, gestora de marketing de conteúdo para o mercado brasileiro, tradutora e intérprete de conferências.

            Post original em inglês: Ana Gotter

            Tradução e localização: Marcela Lanius

            Você tem dúvidas sobre a Shopify?

            Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

            atendimento@shopify.com