Como montar uma vitrine atrativa

Dezembro 07, 2018

Retail window displays | Shopify Retail blogvitrine é uma das ferramentas mais poderosas para um negócio se destacar, seja você um pequeno varejista com uma loja física ou um empreendedor prestes a lançar a sua primeira loja pop-up.

Dessa forma, é possível competir de igual para igual não apenas com outras empresas de pequeno porte, mas também com grandes varejistas e cadeias de lojas. Uma vitrine diferenciada e atraente tem o poder de destacar a sua loja em relação aos concorrentes, além de atrair mais tráfego.

As vitrines permitem realçar a personalidade singular de sua marca e cativar a atenção de quem está passando em frente a ela. O design certo de uma vitrine consegue engajar os clientes o suficiente para fazer com que parem, olhem para trás e entrem na loja, onde sua equipe de funcionários tentará concluir a venda.

Falando assim parece fácil, mas saiba que montar a própria vitrine pode ser um pouco intimidante de início. Felizmente, você não precisa ter formação em design para criar uma vitrine cativante para a sua loja. Quando não há recursos financeiros para contratar um profissional de merchandising visual, é possível arregaçar as mangas, deixar a criatividade fluir e montar sua vitrine por conta própria.

Neste artigo, vamos ajudar você a deixar seus medos de lado para que consiga dominar a arte de criar vitrines fantásticas. Além disso, também trouxemos algumas ideias de temas para a sua vitrine.

Ferramentas básicas para montar uma vitrine

Window display tool box | Shopify Retail

Antes de começar a pensar em ideias mirabolantes para montar a sua primeira vitrine, certifique-se de que você tem as ferramentas necessárias em mãos para essa missão ser bem-sucedida. O ideal é evitar chegar no meio do trabalho e só então perceber a falta de uma fita métrica ou outra ferramenta essencial.

Confira aqui a lista básica de materiais de que você vai precisar:

  • Fita métrica
  • Tesoura
  • Grampeador
  • Fita adesiva e/ou fita dupla face
  • Martelo e pregos
  • Estilete
  • Pistola e bastões de cola quente
  • Chave de fenda e parafusos
  • Caneta, lápis, hidrocor e bloco de notas
  • Adereços (qualquer item que não seja a própria mercadoria da loja)

Dependendo do que você tem em mente, talvez você precise de outros materiais para finalizar a sua vitrine. No entanto, a lista acima é o pontapé inicial para você começar a botar a mão na massa.

Conte uma história temática

Retail window display ideas | Shopify Retail blog

Imagem: Pinterest

Para definir o conceito da vitrine, comece com o bom e velho lápis e papel na mão. Antes de esboçar suas ideias, pense em uma história que tenha um tema. É isso mesmo que você leu: a sua vitrine tem que contar uma história, por mais simples que ela seja, ainda mais agora que está comprovado que a técnica de storytelling é uma ferramenta estratégica para o desenvolvimento de um negócio.

Uma tática eficaz é iniciar pelo tema e, em seguida, usar seu talento para deixá-lo mais elaborado.

Quer alguns exemplos de temas? 

  • Em vez de “Natal”, proponha o “Quebra-Nozes”
  • Em vez de “Ano novo”, promova o “Chega mais, 2019!”
  • Em vez de “Carnaval”, traga a “Ilha da Fantasia”
  • Em vez de "Dia dos Namorados", aposte nas “Travessuras do Cupido” 

    Encontre o ponto central

    Window display ideas | Shopify Retail blog

    Imagem: Pinterest

    Com o esboço e uma história temática rascunhada, dedique um tempo para dar uma boa olhada em sua vitrine pelo lado de fora da loja. Assim, você conseguirá definir a altura da visão dos clientes ao olhar para a vitrine, a linha central e se é possível incorporar outros elementos à cena, como itens suspensos. Aproveite a fita adesiva da lista para marcar esses pontos.

    Desse modo, dá para ter uma boa noção de qual deve ser o ponto central (ou ponto focal) da sua vitrine. Ele é o lugar da vitrine que você quer que seus futuros clientes olhem primeiro e prestem atenção. Defina o tamanho do ponto central; ele deve ser grande o suficiente para chamar a atenção de alguém passando do outro lado da rua.

    Além disso, é a partir do ponto focal que você deve pensar na organização dos produtos. Eles serão organizados em prateleiras ou cabos em torno desse ponto? Quem sabe dispostos em forma de pirâmide? Explore diferentes combinações para ver o que funciona melhor para a sua vitrine.


    Você tem uma ideia de negócios?

    Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!


     

    Ousadia é o segredo

    Be bold in window displays | Shopify Retail

    Sejamos honestos: o nível de atenção das pessoas está encolhendo para menos de um milésimo de segundo, e os consumidores não são exceção. Pode apostar que quase todo mundo que passa na frente de sua loja está conversando com um amigo, enviando mensagens pelo WhatsApp ou passeando com o cachorro. Por isso, é preciso fazer tudo o que estiver ao seu alcance para chamar a atenção dessas pessoas. Na pior das hipóteses, crie uma vitrine que elas vão querer fotografar e compartilhar nas redes sociais.

    Em outras palavras, deixe a monotonia de lado ao pensar a sua vitrine! Ouse nas cores, formas e decoração. Vá além dos tons mais comuns e invista em cores mais chamativas, como fúcsia. Não tenha medo, basta ter bom sensoe manter tudo coerente com a identidade de sua marca.

    Os adereços também são uma ótima maneira de pensar de forma não tradicional, principalmente considerando a variedade de materiais e acessórios disponíveis nas lojas de artesanato e papelaria. Placas de espuma, adereços em papel marchê, você decide! Vale tudo que combine com a proposta da sua marca e da sua loja.

    Menos é mais

    Keep window displays simple | Shopify Retail

    Com tantas fontes de inspiração, é fácil se deixar levar pela empolgação e criar uma vitrine muito elaborada. No entanto, se pecar pelo excesso, você corre o risco de espantar as pessoas que passam na frente da vitrine em vez de seduzi-las. Cuidado para não exagerar, tentando concretizar todas as ideias de uma vez só para não acabar com uma vitrine entulhada e desordenada.

    Tenha sempre bem claro qual é o seu objetivo: no final das contas, você quer chamar a atenção para os seus produtos e ajudar os clientes a entenderem com um olhar o motivo de alguns produtos estarem agrupados com outros. Por essa razão, manter um layout sem poluição visual aumenta muito as chances de que as pessoas parem para apreciar sua vitrine e, com sorte, entrem na loja.

    Equilíbrio é tudo

    Food pyramid retail window display | Shopify Retail blog

    Imagem: Pinterest

    Ao montar uma vitrine, temos que lidar com objetos de tamanhos variados, cores escuras e claras, focos de luz e de sombra, entre outros elementos. Assim, é fundamental mantê-los em equilíbrio para criar uma estética agradável aos olhos.

    Por exemplo, em geral, objetos maiores e mais escuros ficam próximos ao chão da vitrine, enquanto os itens mais leves e coloridos são dispostos mais para cima. Essa tática evita que a vitrine fique com uma aparência pesada.

    Mas cuidado: se todos os itens grandes forem colocados em um lado e todos os pequenos em outro, o resultado será uma vitrine desequilibrada. Portanto, para dar conta da disposição de objetos da sua vitrine, imagine que você está usando uma balança antiga, brincando de colocar um elemento grande em um prato e vários menores no outro prato, até atingir o equilíbrio.

    Confie no seu discernimento e procure perceber que emoções a sua vitrine poderá evocar nos clientes. É mais fácil trazer à tona sentimentos como a felicidade, a empolgação e a satisfação com uma vitrine equilibrada; por outro lado, uma vitrine em desequilíbrio pode transmitir ansiedade ou até instabilidade.

    Fique ligado à iluminação

    Retail window display lighting | Shopify Retail blog

    Imagem: Pinterest

    Por vezes, a iluminação da vitrine fica em segundo plano, como algo para ser considerado quando há orçamento para “custos extras”. Muito pelo contrário, ela é um recurso decisivo na hora de convencer as pessoas a parar na frente da sua vitrine.

    A iluminação cria um clima, uma atmosfera especial, destaca alguns produtos no lugar de outros e traz expressividade à vitrine. O uso estratégico da iluminação pode gerar bons resultados, ajudando você a definir o ponto central e direcionar a atenção das pessoas para onde desejar.

    Em vez de iluminar a sua vitrine de cima para baixo, gerando sombras duras e pouco atrativas, aposte na iluminação lateral e frontal.A disposição da luz em diferentes ângulos confere um efeito 3D à vitrine e, consequentemente, uma aparência descolada e atraente para a sua loja.

    DICA DE LEITURA: Precisa de ajuda com a iluminação de sua loja? Veja essas dicas úteis de iluminação para o setor varejista. 

    Avaliação final da vitrine

    Depois de tudo pronto, dê uma boa uma olhada na vitrine de todos os ângulos possíveis, afinal, raramente uma pessoa vai notar uma vitrine apenas quando estiver bem na frente dela. Experimente se aproximar dela de diferentes pontos, verifique se o ponto central está bem definido, se as placas e chamadas à ação estão visíveis, e se a vitrine como um todo está harmoniosa e equilibrada.

    Ficou satisfeito com o que viu? Parabéns! A vitrine da sua loja está pronta!

    Você já montou uma vitrine exclusiva para a sua loja? Compartilhe suas dicas nos comentários!

     


    Which method is right for you?Sobre a autora

    Gabriela Jungblut é editora-chefe do blog da Shopify em português, gestora de marketing de conteúdo para o mercado brasileiro, tradutora e intérprete de conferências.

    Post original em inglês: Humayun Khan

    Tradução e localização: Armando Silveiro

    Você tem dúvidas sobre a Shopify?

    Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

    atendimento@shopify.com


    Receba o Newsletter Empreendify