6 passos infalíveis para montar uma lista de e-mails do zero

23 Janeiro, 2019

Build an email list | Shopify Retail blog

Em um mundo cheio de blogs para ler, contas de redes sociais para seguir e YouTubers para assistir, pode parecer impossível que um lojista consiga se destacar da multidão e ser notado pelo cliente-alvo.

Apesar do excesso de conteúdo na internet, ainda há uma linha de acesso que coloca você (e o seu negócio) diretamente no centro das atenções nas telas de computadores, tablets e celulares no mundo inteiro, diante dos olhos dos consumidores.

Porém, nem sempre é fácil obter essa linha direta de acesso, o que a torna ainda mais valiosa. Estamos falando, é claro, sobre os endereços de e-mail dos seus potenciais clientes.

Através do e-mail, você pode aparecer para seu mercado-alvo em vez de esperar que os consumidores procurem por você. É uma maneira direta de relembrar seus clientes potenciais que você existe, persuadir os clientes existentes a fazerem uma nova compra ou agregar valor com conteúdo exclusivo, cupons e promoções.

O e-mail também é um recurso fantástico para construir conexões e relacionamentos. Ele trava conversas particulares que fazem com que os consumidores se sintam vistos e ouvidos. Isso pode atrair clientes fiéis que não apenas compram de você, mas também atuam como verdadeiros apoiadores da sua marca.

Assim, trouxemos neste artigo seis dicas infalíveis para você criar uma lista de e-mails do zero e também manter a base de contatos que você já conquistou.

Lista de assinantes em 6 passos

Conseguir o e-mail das pessoas não é uma tarefa tão fácil. Como podemos criar uma lista de compradores potenciais e leads qualificados?

Comece a usar este processo de seis passos para aumentar o número de assinantes que recebem as suas mensagens diretamente na caixa de entrada.

Passo 1: Configure um gerenciador de e-mails

Antes de criar uma lista de e-mails, você precisa de um local para armazená-la. Confira abaixo os elementos de qualquer mecanismo robusto de e-mail marketing:

  • Um sistema de gestão de e-mails (EMS), como MailChimp, Aweber, ConvertKit ou ActiveCampaign. Existem vantagens e desvantagens para cada um desses gerenciadores, e a melhor opção vai depender de quantos assinantes você pretende conquistar (e de quantos você já conquistou) e do tipo de campanhas de e-mail que você planeja enviar.
  • Um sistema de ponto de venda (PDV) que possa ser integrado ao seu gerenciador de e-mails.
  • Um formulário de inscrição para a sua lista de e-mails que você consiga criar no gerenciador de e-mails de sua escolha.
  • Formulários de autorização de envio de e-mails (“opt-in forms”) ou páginas de destino em seu site, que podem servir como pontos de entrada. Os formulários nada mais são que o lugar onde as pessoas conseguem se inscrever na sua lista de e-mails. Alguns gerenciadores de e-mails podem ajudá-lo a incorporar formulários em seu site. Você também pode usar plug-ins e sistemas de terceiros, como o LeadPages ou o Thrive Leads, para criar, distribuir e gerenciar formulários do tipo “opt-in”.

EXPERIMENTE O SHOPIFY PDV: Precisa de um sistema de ponto de venda para coletar os e-mails de clientes? Confira o Shopify PDV.

Certifique-se de que todas as partes do seu sistema estejam integradas e funcionando corretamente antes de começar a buscar assinantes para a sua lista de e-mails. Envie um e-mail de teste e faça a configuração da inscrição na lista da mesma maneira que um futuro assinante deverá fazer, para ter certeza de que tudo está funcionando sem problemas.

Passo 2: Dê um bom motivo para assinar a sua lista

Build your email list | Shopify Retail blog

Os endereços de e-mail são um bem precioso porque fornecem acesso direto à caixa de entrada de alguém. É uma peça vital de informações de contato, e as pessoas não estão dispostas a divulgar essas informações a menos que você dê a elas um motivo convincente para fazer isso.

A criação de sua lista de e-mails começa com a definição de um motivo pelo qual alguém daria seu próprio endereço de e-mail espontaneamente.

Por que alguém deve compartilhar essa informação? O que vai ganhar com isso? Por que os e-mails que você pretende enviar importam tanto que precisam aparecer na caixa de entrada dessa pessoa?

As respostas a essas perguntas requerem que você leve em consideração as necessidades, desejos, problemas e desafios de seu público-alvo. Se você conseguir atender a uma necessidade, satisfazer um desejo ou resolver um problema, você provavelmente terá um motivo convincente para que alguém compartilhe o endereço de e-mail com você.

Para encontrar essas respostas, você precisará entrar na mente do seu cliente ideal e desenvolver as “buyer personas da sua loja.

Passo 3: Agregue valor em troca de valor

Mesmo que você encontre uma ótima resposta para a pergunta, "por que eu deveria dar a você meu endereço de e-mail?", o mercado-alvo ainda pode precisar de um pequeno incentivo para agir e compartilhar essa informação.

É aí que você deve agregar valor em troca de valor. Faça uma oferta ao seu público-alvo para que as pessoas não sintam que são as únicas que estão oferecendo alguma coisa.

As ofertas para incentivar as pessoas a se inscreverem em sua lista de e-mails geralmente são chamadas de ímãs de leads (como o exemplo da Cacau Dress Pet acima).

Um bom ímã de leads deve ser algo que as pessoas realmente desejam, ou seja, ele precisa resolver um problema, ensinar algo que as pessoas têm vontade de aprender ou dar aos destinatários algo que eles não tinham antes de receber o ímã de leads.

Aqui estão algumas ideias para um ímã de leads:

  • Cupons especiais ou códigos de desconto para seus produtos;
  • Entrada em um grupo VIP ou outra comunidade exclusiva em que os participantes possam interagir com outros clientes, receber ofertas apenas para quem faz parte do grupo e conhecer os próximos produtos que serão lançados antes de todo mundo;
  • Uma amostra grátis ou uma maneira de experimentar seu produto antes de comprá-lo;
  • Acesso exclusivo a conteúdos que ninguém mais recebe (por exemplo, informações privilegiadas, acesso a seções exclusivas do site ou a uma área de conteúdo especial repleta de postagens, vídeos e outros itens que seus clientes tenham muita vontade de ver).

Seu ímã de leads deve ser oferecido como parte do formulário de inscrição, o que significa que você também precisa de um ótimo atendimento ou instruções sobre o que seus clientes devem fazer, para que as pessoas preencham o formulário corretamente e recebam a oferta.

Para criar uma ótima chamada à ação (ou CTA, do inglês call to action), siga estas boas práticas:

  • Redija mensagens claras. As pessoas precisam saber exatamente o que você está oferecendo em troca do endereço de e-mail delas.
  • Tenha foco. A CTA (e a própria oferta) deve fornecer uma solução para apenas um problema por vez.
  • Opte pela simplicidade. O ideal é que você descreva a oferta em uma frase. A CTA pode ser escrita de forma resumida, como “Utilize seu cupom de desconto agora”, “Ganhe acesso VIP” ou “Inscreva-se para receber ofertas”. Todos esses exemplos são CTAs concisas, que vão direto ao ponto.

Você tem uma ideia de negócios?

Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!


 

Passo 4: Convide quem você já conhece para participar da lista

Invite contacts to your email list | Shopify Retail blog

É hora de começar a adicionar pessoas à lista de e-mails que você criou. Antes de tentar convencer pessoas completamente estranhas a se unir a você, comece com quem você conhece e que já apoia o seu negócio.

Isso significa que você pode utilizar e-mails de:

  • Sua atual base de dados de clientes. Acesse seu sistema de PDV ou consulte pedidos online antigos e faça uma planilha com os e-mails desses clientes. Se você ainda não está coletando informações de contato no ponto de venda, comece a fazer isso agora mesmo!
  • Sua rede atual de influenciadores e parceiros. Os contatos comerciais talvez não sejam seu mercado-alvo ideal quando se trata de clientes, mas eles podem apoiar a sua marca e ajudar a divulgar seus produtos. Ao convidar esses contatos para a sua lista de e-mails, você estará presente na caixa de entrada dessas pessoas e, portanto, elas vão se lembrar de você com mais frequência.
  • Seus amigos e parentes ou outras pessoas próximas que apoiam você. De quem você já tem apoio? Fale com essas pessoas e faça um convite para que façam parte da lista que você está criando!

Agora, mesmo com quem você já conhece, há uma maneira correta e uma maneira errada de adicionar contatos à lista.

Nunca adicione pessoas à sua lista de e-mails sem antes pedir permissão. Sempre ofereça às pessoas a possibilidade de poder decidir se entram ou não na lista. Isso vale para todo mundo – sim, incluindo seus amigos, sua mãe e seu cachorro!

Enfiar em uma lista pessoas que nunca pediram para receber os e-mails de marketing e vendas de sua loja pode fazer com que os destinatários não apenas cancelem a inscrição, mas também marquem seus e-mails como spam.

Isso prejudica a eficácia de sua lista e pode impedir a chegada das mensagens nas caixas de entrada de futuros assinantes que realmentequerem ouvir falar de você.

Dito isso, confira abaixo a maneira correta de convidar essas pessoas para a sua lista:

  1. Contate as pessoas individualmente através de e-mail, redes sociais, aplicativos de bate-papo ou qualquer canal de comunicação que pareça mais natural para esse relacionamento específico.
  2. Explique que você está criando uma lista de e-mails para seu negócio e você gostaria de convidá-las a fazerem parte dela.
  3. Explique as vantagens que elas terão. Sim, você precisa fazer isso mesmo para pessoas que você já conhece! Elas vão receber um desconto especial de amigos e familiares? Algum produto grátis? Acesso a conteúdos superinteressantes? Fale claramente sobre o que elas receberão em troca de entrar na sua lista de e-mails.
  4. Peça permissão para adicioná-las à sua lista ou para enviar um link para o formulário de inscrição a fim de que elas mesmas possam se inscrever.

Além disso, peça para essas pessoas compartilharem a sua lista com conhecidos que possam estar interessados no seu negócio. Esta é uma ótima maneira de expandir seu alcance, mesmo antes de enviar seu primeiro e-mail da lista oficial.

Passo 5: Divulgue, divulgue, divulgue

Vamos recapitular o que você fez até aqui:

  1. Você configurou e testou seu gerenciador de e-mail.
  2. Criou formulários e páginas de destino que permitem que as pessoas se inscrevam em sua lista de e-mails.
  3. Identificou um motivo para que as pessoas tenham vontade de se inscrever em sua lista e criou uma oferta tentadora que agregou valor em troca de valor: você vai oferecer uma boa vantagem em troca do endereço de e-mail que elas fornecerem.
  4. Você convidou pessoas com quem já teve uma conexão ou conviveu e pediu que elas convidassem outras pessoas que pudessem se interessar por seus e-mails.

Isso significa que você está pronto para começar a divulgar a sua lista para todo mundo e começar a atrair mais clientes em potencial. Aqui estão algumas sugestões para como fazer isso:

  • Adicione um link para o formulário de inscrição na sua assinatura de e-mail.
  • Inclua um link para a sua lista (ou para a página de destino da lista de e-mails) em seus perfis nas redes sociais e em quaisquer bios, artigos publicados ou outras seções "Sobre" que você ou sua empresa tiver online.
  • Crie postagens nas redes sociais para promover sua lista e incentivar as pessoas a participarem (lembre-se de informar seu público-alvo sobre sua oferta e o que eles receberão quando se inscreverem!).
  • Candidate-se a publicações ou podcasts que aceitem inscrições de convidados ou que façam entrevistas para publicação nas respectivas plataformas. Ao participar como convidado, mencione a sua lista de e-mails ou inclua um link em qualquer material que você possa compartilhar.
  • Compartilhe a sua lista com as comunidades das quais você faz parte, como grupos do LinkedIn ou tópicos do Reddit. Apenas certifique-se de que, ao fazer isso, o conteúdo seja relevante para a conversa ou o grupo em questão; caso contrário, você passará a impressão de que está forçando vendas e enviando mensagens de spam.

Por fim, compartilhe a sua lista de e-mails em toda a parte e em todos os lugares nos quais você se sinta à vontade para fazer isso.

Além disso, dê asas à sua criatividade com a divulgação offline! Pense em disponibilizar um tablet na sua loja física que sirva para as pessoas acessarem a sua lista. Outra opção é usar uma folha de inscrição à moda antiga em eventos presenciais. Disponibilize material impresso em seu estande, loja ou outro ponto físico para que as pessoas possam se inscrever para receber atualizações, cupons ou outras ofertas interessantes.

Há inúmeras maneiras de promover e compartilhar a sua lista de e-mails. Apenas procure ter certeza de que seus assinantes deram permissão para serem adicionados ou optaram por assinar a sua lista por conta própria.

Passo 6: Envie conteúdo relevanteregularmente

Os passos 1 a 5 deste processo vão ajudar você a ganhar assinantes, um objetivo (obviamente) claro se você quiser criar sua lista de e-mails a partir do zero.

O passo final, a etapa 6, vai ajudar você a manter esses assinantes ao longo do tempo e até converter muitos deles em clientes pagantes.

Para fazer isso, basta agregar valor.

Todo e-mail que você enviar deve ter um propósito claro e deve focar nos desejos e necessidades do destinatário, e não nos seus próprios desejos (ou nas necessidades do seu negócio).

O e-mail funciona porque é pessoal e pode ser personalizado. Porém, se você desrespeitar o assinante, enviando, por exemplo, lixo eletrônico para a sua caixa de entrada, ele cancelará a inscrição na sua lista de imediato.

Lembre-se de que sempre existe alguém na outra ponta do tráfego de mensagens – provavelmente uma pessoa ocupada e estressada, tentando desesperadamente limpar uma caixa de entrada abarrotada. Tenha isso em mente e sempre pense sobre como você pode agregar valor à vida dessa pessoa.

Siga essa filosofia para montar e administrar a sua lista e-mail marketing. Assim, além de criá-la a partir do zero, você também vai transformá-la em um banco de dados valioso de consumidores felizes, engajados e leais, que realmente gostam de ver as suas mensagens na caixa de entrada.


Which method is right for you?Sobre a autora

Gabriela Jungblut é editora-chefe do blog da Shopify em português, gestora de marketing de conteúdo para o mercado brasileiro, tradutora e intérprete de conferências.

Post original em inglês: Kali Hawlk

Tradução e localização: Armando Silveiro

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

atendimento@shopify.com