26 dicas para preparar a sua loja para o Black Friday e o Cyber Monday

Outubro 23, 2017

O Black Friday e o Cyber Monday (datas também conhecidas pela sigla BFCM) são excelentes oportunidades para o seu e-commerce ganhar dinheiro.

De acordo com a Ebit, as vendas do Black Friday em 2016 atingiram R$ 519 milhões logo nas primeiras horas, representando um faturamento 60% superior ao registrado em 2015 – e isso tudo apenas em compras online. Logo, não é de admirar que mais e mais lojistas queiram participar desses momentos a cada ano que passa.

Administrar uma ação de vendas de sucesso no Black Friday e no Cyber Monday pode ser muito estressante para os proprietários de lojas, que preparam seus negócios para receber um enorme fluxo de tráfego e vendas. Por saber disso, resolvi escrever este artigo para facilitar a sua vida e garantir que o BFCM deste ano seja rentável para o seu negócio.

Esta lista com 26 dicas para o Black Friday e o Cyber Monday garantirá que a sua loja esteja na melhor situação possível, não somente para obter sucesso e ganhar muito dinheiro, mas também para diminuir o estresse e a dor de cabeça que essa temporada comercial causa a muitos empresários. Esta lista vai ajudá-lo a cuidar de todos os detalhes necessários, além de trazer sugestões para você se preparar e trabalhar de forma eficaz no BFCM de 2017.

Dê uma olhada nas dicas, avaliando cada uma delas, e ponha em prática aquelas que julgar melhor para o seu negócio.

Comece a trabalhar agora

1. Os clientes estão buscando informações sobre produtos e pesquisando preços mais cedo do que você imagina.

Organize as ofertas para o BFCM o quanto antes e deixe seus clientes e visitantes saberem com antecedência sobre as promoções que vão rolar nos próximos meses.

Segundo uma pesquisa da National Retail Federation, a maior federação de varejo do mundo, a cada ano, 40% dos clientes começam a pesquisar e fazer suas compras de Natal já em outubro. Portanto, além de se preparar com antecedência, garanta que os clientes que estão caçando presentes e buscando informações sobre determinados produtos encontrem a sua loja.

Planejamento

2. Planeje e organize as suas promoções.

Pegue todos os seus produtos e planeje os seus descontos com antecedência em vez de colocar tudo em promoção aos 45 do segundo tempo.

Sugiro que você monte um “mapa de planejamento de promoções” no Excel, para ter em mãos um resumo claro de todas as suas próximas promoções.

Selecione os produtos que você quer vender no BFCM, defina seus preços e programe a data de início da promoção. Assim, quando chegar a hora, basta consultar o que você planejou em vez de fazer tudo às pressas. Visite aShopify App Store e descubra como é fácil programar promoções.

3. Elabore planos de contingência.

Você tem os backups necessários a postos caso algo dê errado? E se o seu site ficar indisponível? Ou a transportadora que trabalha com você ficar muito ocupada? É tranquilo acordar o desenvolvedor às 4h da manhã para consertar um detalhe no seu site?

Calma! Meu objetivo aqui não é deixá-lo preocupado ou tenso, quero apenas que você esteja preparado para o que der e vier. Imagine todos os piores cenários possíveis para o seu negócio e tenha um plano B pronto para ser acionado. Já dizia o velho ditado: espere o melhor, prepare-se para o pior.

Demanda

4. Teste ou certifique-se de que o seu site é capaz de sustentar um aumento no tráfego.

Às vezes, o seu site pode travar ou ficar indisponível quando recebe muitos pedidos de compra simultâneos. É preciso ter um aumento significativo no tráfego para isso acontecer, no entanto, certifique-se de que a sua hospedagem consegue lidar com esses momentos de pico.

Você pode testar a capacidade do servidor da sua loja com a ajuda de ferramentas, como oLoadImpact.com ou oBlitz.io (em inglês).

E se você trabalha com a Shopify, nem esquente a cabeça! Milhares de lojistas Shopify de grande volume experimentam regularmente vários picos de tráfego e não sofrem nenhum tipo de interrupção.

5. Certifique-se de que a sua loja é capaz de lidar com uma demanda maior.

Se o seu inventário depende de um fornecedor, ou se o seu produto é criado ou produzido por você mesmo ou pela sua equipe, leve em consideração o aumento na demanda que você vai experimentar nessa época do ano. Trabalhe junto com os seus fornecedores e certifique-se de que eles estão preparados para atender a sua projeção de vendas para as compras do final de ano. Uma das piores coisas que pode acontecer durante esse momento é você vender seus produtos mais rápido que o desejado, zerando o estoque, de forma a ficar sem poder atender a demanda dos seus clientes.

Criatividade

6. Crie banners e imagens principais para anunciar as promoções.

Existe um jeito melhor do que um conteúdo visual e imagético sensacional para dar aquele gás nas promoções dessa temporada? Não importa se você quer usar cartelas com anúncios divulgando promoções ou quer mudar a imagem principal do seu site especialmente para o Black Friday e o Cyber Monday: você não precisa ser um designer gráfico profissional para dar conta desse recado. E se essa não for a sua praia, aproveite um dos modelos do CreativeMarket (em inglês) ou contrate um designer freelancer para desenvolver esse conteúdo gráfico.

 

7. Planeje seus anúncios e textos publicitários.

Gosto de planejar com antecedência os anúncios e textos publicitários que vou usar em uma promoção ou temporada de ofertas para que eu possa me dedicar mais ao desenvolvimento e posicionamento desse material no meu site.

Se você precisa de ajuda para planejar seus anúncios, deixo aqui umas dicas de leitura do nosso blog:

Lembre-se de que os lances encarecem durante a temporada de festas de fim de ano, dependendo do seu nicho de atuação. Portanto, você terá que subir o seu valor de lance para determinadas palavras-chaves para aumentar a visibilidade dos seus anúncios durante a temporada de promoções. E se você pretende trabalhar com publicidade paga, também vale a pena planejar um orçamento para investir em anúncios nesse período do ano.

Antecipação

8. Crie suspense e expectativa sobre as promoções.

É fácil anunciar uma promoção do Black Friday e do Cyber Monday, mas criar suspense e expectativa em torno desse momento é o segredo para que ele seja realmente um sucesso.

via Ponto Frio

Comece a despertar a curiosidade dos seus clientes com e-mails contando como será a promoção e deixe que eles espiem as ofertas que vêm por aí com publicações especiais nas mídias sociais. O quanto antes você começar a fazer isso, mais expectativa e impacto você terá quando finalmente anunciar o início das suas promoções no Black Friday e no Cyber Monday.

Otimização

9. Considere a possibilidade de enviar e-mails para reverter taxas de abandono.

De acordo com a empresa Ve Interactive, a taxa de abandono de carrinho no Brasil gira em torno de 83%. No Black Friday e no Cyber Monday, todo mundo quer manter esse percentual o mais baixo possível.

Uma das formas mais fáceis e eficazes de fazer isso é configurando o disparo de e-mails bem elaborados para os consumidores que abandonaram seus carrinhos de compra. Desse jeito, quando um cliente adicionar um produto ao carrinho e sair da sua loja sem efetuar a compra, você terá uma mensagem persuasiva pronta para trazê-lo de volta ao site para concluir a transação.

A Shopify facilita esse processo com um sistema interno de recuperação de checkout abandonado, e há também uma série de aplicativos para carrinhos abandonados disponíveis na App Store da Shopify.

10. Priorize a experiência mobile do cliente.

Em 2015, a Google afirmou que o tráfego mobile havia ultrapassado o tráfego de desktop em dez países diferentes. Em 2016, essa tendência se confirmou na temporada de compras que acompanha o feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos. De acordo com a Ebit, cerca de 20% das compras online realizadas durante o último Black Friday e Cyber Monday foram feitas por meio de dispositivos móveis.

A expectativa é que essa tendência siga firme e forte nos próximos anos. Portanto, você, lojista empreendedor, deve priorizar o desenvolvimento de estratégias móveis para o seu negócio.

Como é a experiência do usuário ao acessar a sua loja pelo celular? É fácil e intuitivo comprar nela? A versão mobile do seu site é responsivo?

Todos os temas da Shopify são compatíveis com dispositivos móveis, mas se você não usa a nossa plataforma, que tal testar a aparência e experiência que um visitante tem da sua loja virtual ao visitá-la usando um celular?

11. Teste o seu site para coletar opiniões sobre ele.

E se você pudesse ler os pensamentos de um cliente em potencial enquanto ele navega pela sua loja pela primeira vez? É possível que haja partes da loja que não estão visíveis ou que podem ser melhoradas, assim, um novo par de olhos é a ajuda ideal para aparar essas arestas.

Existem inúmeras formas de obter feedback dos visitantes da sua loja, mas a minha ferramenta favorita é oUserTesting (em inglês). Ela permite que você observe um usuário qualquer percorrer o seu site e ouça o que ele tem a dizer sobre essa experiência. Você também pode usar oPeek UserTesting (em inglês) para assistir a um vídeo gratuito de cinco minutos de um visitante aleatório navegando pelo seu site.

Preste muita atenção nos comentários feitos sobre a sua loja, mas não saia mudando tudo logo de imediato. Espere mais de uma pessoa reclamar sobre o mesmo problema para implementar as devidas mudanças no seu site.

12. Configure pixels de rastreamento no seu site.

Se você trabalha com publicidade paga, como os anúncios do Facebook ou o Google AdWords, configure pixels de redirecionamento no seu site para fazer remarketing voltado para o tráfego do Black Friday e do Cyber Monday. Descubra como gerar um código de pixel de rastreamento para o seu site com os Anúncios do Facebook e o Google AdWords:

Marketing

De acordo com um estudo da Nanigans, as taxas de cliques em anúncios do Facebook aumentaram 66% no Dia de Ação de Graças e 36% no Black Friday em comparação com a segunda-feira anterior ao Dia de Ação de Graças. Isso significa que os consumidores respondem de forma mais receptiva aos anúncios durante a temporada de festas.

Thanksgiving clickthrough rates on Facebook

Fonte: Nanigans

Já que seus clientes podem estar prestando mais atenção aos anúncios durante essa época do ano, o marketing pode desempenhar um papel fundamental no sucesso das suas vendas. Repito: planeje com antecedência os anúncios e o conteúdo publicitário para esse momento especial do ano. Aqui estão outros preparativos em marketing que valem a pena ser incluídos na sua temporada de festas.

13. Dispare campanhas de retargeting para clientes e tráfego antigos.

Chegou a hora de botar aquele pixel de redirecionamento que você configurou para trabalhar.Ao reexibir anúncios para visitantes que já passaram no seu site, você consegue alcançar pessoas que esqueceram a sua loja e não ficariam sabendo das suas promoções de outra maneira.

Para dar conta dessa tarefa, sugiro que você fale com o Kit, um aplicativo gratuito e exclusivo para os lojistas da Shopify que ajuda a administrar anúncios de retargeting no Facebook e no Instagram. Por exemplo, ele configura e aplica automaticamente o pixel do Facebook. Se você ainda não conhece o Kit, aproveite essa deixa para contratar o primeiro funcionário da sua empresa, só que de graça!

Você também pode redirecionar anúncios para quem já comprou na sua loja. De acordo com este infográfico (em inglês) da Clarity.fm, é 50% mais fácil vender para clientes antigos do que para clientes novos. Isso quer dizer que quem já comprou com você estará muito mais aberto às suas promoções do Black Friday e do Cyber Monday.

14. Entre em contato com blogs e sites que dão dicas de presentes.

Às vezes, a troca de mensagens com um contato pode levar semanas até que algum tipo de acordo de parceria ou patrocínio seja fechado. É claro que podem surgir propostas de última hora, mas é sempre melhor entrar em contato com blogs e sites que divulgam dicas de presentes com a devida antecedência.

Procure por sites que estejam falando sobre ofertas do Black Friday e do Cyber Monday, ou que publiquem dicas de presentes no seu nicho, e entre em contato com eles para divulgar o seu site e as promoções que você já tem planejadas. Se precisar de ajuda, não deixe de conferir o nosso artigo “Como obter cobertura jornalística de forma gratuita”.

15. Dispare suas campanhas de e-mail marketing.

De acordo com o site Marketing de Conteúdo, o e-mail marketing é um agente determinante para as vendas online. E, neste ano, esse recurso provavelmente terá ainda mais influência no sucesso das vendas da maioria das lojas. Todo dono de negócio deve ter campanhas de e-mail marketing cativantes na manga, que atraiam (e retenham!) os clientes para o seu site durante a temporada de festas.

Portanto, comece a planejar, elaborar e programar os e-mails que você enviará durante as promoções do Black Friday e do Cyber Monday. Aqui estão algumas ideias de campanhas que você pode aproveitar:

  • Anunciar a chegada das promoções do Black Friday e do Cyber Monday;
  • Enviar um último lembrete antes que as promoções acabem;
  • Anunciar uma promoção exclusiva para os assinantes de e-mail;
  • Enviar mensagens para aguçar a curiosidade dos clientes com prévias das promoções que vão rolar.

Ofertas e promoções

16. Tenha pelo menos uma oferta imperdível disponível.

Uma estratégia muito usada pelos varejistas é emplacar, logo de cara, uma oferta imperdível sobre um produto bem popular com o intuito de atrair clientes para a loja. Uma vez que mordem essa isca, os clientes provavelmente vão incluir outros itens no carrinho até concluírem a compra.

Qual oferta imperdível é capaz de trazer uma enxurrada de visitantes para o seu site? Se você pretende enviar e-mails para os seus assinantes, que tal promover aquele produto que você sente que é o mais cativante em vez de divulgar todas as promoções do Black Friday e do Cyber Monday de uma vez só?

17. Recompense seus clientes fiéis.

O Black Friday e o Cyber Monday são um momento favorável para desenvolver seu relacionamento com clientes antigos e reaproximá-los da sua loja.

Envie mensagens (e empenhe-se nas campanhas de retargeting) com as melhores ofertas da vez para quem já comprou no seu site. Dê aos seus clientes e admiradores mais fiéis a oportunidade de aproveitar uma promoção antes de todo mundo, ou disponibilize ofertas exclusivas para eles por serem assinantes da sua lista de e-mail. Essa última estratégia ainda serve de incentivo para que mais pessoas se registrem para receber seus e-mails, canal que você usa para divulgar ofertas exclusivas para assinantes.

18. Brinque com a noção de escassez quando for possível.

Com as festas de fim de ano se aproximando, muitos compradores ficam desesperados em busca das melhores ofertas de última hora. Já que o cenário da falta de produtos é previsto por muitas pessoas durante o Black Friday e o Cyber Monday, não hesite em brincar com a ideia da escassez na sua loja. Experimente incluir cronômetros no seu site que façam uma contagem regressiva para o final das promoções, e use e abuse de jargões como “por tempo limitado” e “quantidade limitada”.

Atendimento ao cliente

19. Tenha um recurso de chat em tempo real integrado ao seu site.

É importante que os clientes (atuais e potenciais) consigam facilmente entrar em contato com você durante o Black Friday e o Cyber Monday. A última coisa que você quer que aconteça é que um visitante saia do seu site porque não obteve respostas rápidas.

Leia o nosso artigo para saber mais sobre o chat em tempo real e como integrá-lo à sua loja.

20. Certifique-se de que você tem respostas rápidas e educadas já prontas para envio.

O período entre o Black Friday, o Cyber Monday e as festas de fim de ano é o momento em que você mais receberá perguntas dos seus clientes. Saiba que existem dois segredos para proporcionar um atendimento ao cliente de excelência: ter um tempo de resposta rápido e ser gentil e respeitoso, mesmo com os clientes mais impacientes e indelicados.

Portanto, para economizar tempo, tenha como carta na manga algumas respostas automáticas já prontas no Gmail. Procure também reciclar o que você já sabe sobre boas práticas de atendimento ao cliente, e não deixe de compartilhar todas essas dicas e informações com a sua equipe de relacionamento com os clientes. Faça com que eles não se esqueçam de você neste ano, para que voltem à sua loja em 2018.

21. Garanta devoluções descomplicadas.

Tanto os donos de negócio quanto os consumidores sofrem com essa temporada de festas de fim de ano. Portanto, faça questão de ser o lojista virtual atencioso, que vai além para satisfazer seus clientes. Cuide para que eles tenham uma experiência de compra agradável e tranquila, cientes de que o processo de devolução, se necessário, será simples e descomplicado. Essa garantia também dá conta daqueles clientes indecisos, pois, com uma política de devolução objetiva, você demonstra confiança no seu produto e livra o consumidor de qualquer risco.

Rastreamento, do início ao fim

22. Instale o Google Analytics na sua loja.

O Google Analytics é uma ferramenta de rastreamento robusta e gratuita que todo dono de e-commerce deveria usar. Se a sua loja ainda não tem esse recurso instalado, ou se você quer ter certeza de que está usando ele corretamente, confira o nosso artigo “Google Analytics para e-commerce: um guia para iniciantes”.

23. Trabalhe com heatmaps ou recursos avançados de rastreamento de tráfego/usuários.

Os visitantes costumam clicar em quais áreas do seu site? Como os clientes percorrem as suas páginas de produto? Embora o Google Analytics seja uma ferramenta ótima para a maioria dos negócios, talvez seja bom ter outros recursos de rastreamento instalados no seu site para coletar informações mais detalhadas durante o Black Friday e o Cyber Monday.

Fonte: Heatmap do site da Apple

Passe na Shopify App Store e dê uma olhada nos aplicativos de heatmaps (mapas de calor) e nas ferramentas avançadas de análise disponíveis por lá.

24. Fique de olho na concorrência.

Acompanhar a concorrência pode ajudá-lo a manter a vantagem e ter ideias para as suas próprias ofertas no Black Friday e no Cyber Monday. O jeito mais fácil de bisbilhotar seus concorrentes é simplesmente assinando suas listas de e-mail. Ao fazer isso, você pode analisar os tipos de mensagens que eles disparam e a frequência de envios.

Além disso, fique de olho neles nas mídias sociais e use os Alertas do Google para ver quais sites estão falando sobre a concorrência. Por fim, o VisualPing é uma ferramenta ótima para monitorar alterações nos sites dos concorrentes. Assim, quando algum deles fizer uma mudança significativa no site, você será o primeiro a saber.

O que fazer depois do Black Friday e do Cyber Monday?

25. Transforme compradores sazonais em clientes permanentes.

Onde está escrito que o seu relacionamento com os clientes “caçadores de ofertas” deve acabar depois do Black Friday e do Cyber Monday? Tome providências para manter e cultivar a sua relação com os clientes recém-adquiridos durante essa temporada.

Mantenha-os envolvidos com a sua marca ao longo do ano, seja através das mídias sociais ou de e-mails enviados regularmente para os seus assinantes. Se os compradores sazonais não se registraram na sua lista de e-mail ou não seguem você nas mídias sociais, talvez uma estratégia de retargeting venha bem a calhar.

Com os pixels de redirecionamento configurados no seu site, esses clientes sazonais podem acabar se tornando um grupo de consumidores para o qual você pode anunciar seus produtos o ano inteiro. Portanto, trate de trazê-los de volta para o seu site e continue mantendo-os expostos à sua marca!

26. Pare para refletir sobre as estratégias que funcionaram e aquelas que não deram tão certo assim.

Essa temporada também é ideal para o seu negócio aprender com os próprios erros, falhas e êxitos. As lições aprendidas valem mais que qualquer rendimento obtido durante esse período. Por isso que é importante rastrear e manter um registro de cada passo dado para poder entender o que funcionou e o que não funcionou.

Sempre que experimento uma estratégia nova no meu negócio, faço um registro com capturas de tela e anotações, que serão analisadas posteriormente. Esse material serve de referência para o BFCM do próximo ano e ainda sinaliza o que está dando realmente certo, para que você siga nesse mesmo caminho.

Um brinde a um BFCM de sucesso!

Preparar, planejar e começar antes que todo mundo: esses são os segredos para arrasar no Black Friday e no Cyber Monday. Esta checklist recapitulou os principais pontos que você não pode comer mosca para as próximas temporadas de ofertas deste ano. Com isso, espero que eu tenha ajudado você a se preparar melhor para ter mais sucesso em novembro.

E se esse for o primeiro BFCM do seu negócio, encare-o como um aprendizado. Mantenha-se focado e ambicioso, mas não crie expectativas irreais para o seu negócio. No mais, aproveite essa experiência!

Caso tenha alguma dúvida ou dica para compartilhar, fique à vontade para deixar uma mensagem nos comentários.


Which method is right for you?Sobre a autora

Gabriela Jungblut é editora-chefe do blog da Shopify em português, gestora de marketing de conteúdo para o mercado brasileiro, tradutora e intérprete de conferências.

Post original em inglês: Corey Ferreira

Tradução e localização: Carolina Walliter

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Escreva um e-mail para a nossa equipe de atendimento em português!

atendimento@shopify.com


Receba o Newsletter Empreendify