A importância de criar e registrar uma marca para o e-commerce

Janeiro 24, 2018 6 translation missing: pt-BR.blogs.article.read_time

No mercado digital competitivo e em constante mudança, uma marca registrada é um bem muito valioso. Para ter sucesso com seu comércio eletrônico, é importante adotar e desenvolver uma marca forte que diferencie o seu negócio e a qualidade de seus produtos no mercado.

Seu nome, logotipo e URL precisam se destacar dos concorrentes e ser uma experiência significativa para os seus clientes. No entanto, se você adotou um nome para sua empresa ou produtos, mas não realizou nenhuma busca de licença de marca registrada ou tomou providências para registrar a sua marca, você deve começar a pensar nesta estratégia.

Acompanhe este artigo e confira os principais motivos para registrar a sua marca e também algumas dicas de como torná-la um ativo importante para os seus negócios.

Junte-se a milhares de empreendedores. Assine nossa newsletter!



Registrar a sua marca protege seus direitos:

Sabemos que uma marca forte e substancial traduz a identidade de uma empresa, adiciona reputação e reforça os relacionamentos em longo prazo com seus consumidores. Mas essa marca precisa ser registrada noInstituto Nacional de Propriedade Industrial – INPI para não  colocar em risco todo o esforço e patrimônio dedicado na sua criação. É importante também estar atento ao valor das marcas registradas não só para proteger seus direitos, mas também para garantir que você não esteja infringindo os direitos de terceiros.

A experiência que se tem em relação às marcas mais influentes é um indício claro de que as decisões de compra dos consumidores são influenciadas pelas marcas registradas e pela reputação que essas marcas representam. Nesta perspectiva, é importante que os empresários, mesmo que pequenos ou médios, entendam por que as marcas registradas são ativos importantes e ajudam a expandir seus negócios.

Mas porque uma marca se torna tão importante para um negócio? Um dos argumentos mais convincentes e determinantes também é um dos mais simples:marca acima de tudo é uma eficaz ferramenta de comunicação. Um nome associado a um logotipo ou slogan comunica ao público quem você é, o que você faz e como sua empresa, seus produtos e serviços se posicionam.

Qual o conceito de marca registrada?

Uma marca inclui qualquer palavra, nome, símbolo ou design, ou qualquer combinação usada ou destinada a ser usada para identificar e distinguir os produtos de um fabricante ou vendedor de produtos fabricados ou vendidos por outros.

Os direitos exclusivos sobre marcas e patentes se obtêm quando se efetua o registro no INPI. Mesmo que uma marca esteja em utilização por vários anos por uma empresa, se não estiver registrada, ela não está protegida juridicamente. Se a marca não estiver registrada ela poderá inclusive ser utilizada por uma empresa concorrente.

Alguns motivos para registrar marca:

– Você tem um negócio segmentado que pode ser copiado;

– Seu negócio está crescendo rapidamente e pode precisar de uma maior proteção;

– Você está buscando investidores ou empréstimos para crescer;

– Seus planos para o futuro é vender o seu negócio;

– Ao ter uma marca registrada, sua empresa pode despertar o interesse uma corporação maior.

– Quando se tem um e-commerce ou uma loja virtual, uma marca registrada permite que as empresas utilizem de forma efetiva a Internet e as mídias sociais.

Quais os passos para registrar a sua marca?

Primeiro é importante se certificar de que a sua marca pode ser registrada.  Antes de usar um nome de marca ou slogan, é importante saber se esse nome é ou não elegível. O INPI, por exemplo, não permite marcas comerciais descritivas, genéricas ou que possam causar confusão.

Depois da pesquisa, você entra com o pedido de marca, então será necessário preencher formulários, fornecer desenhos de sua marca e listar seus produtos e serviços. Nesta etapa, é preciso um pouco de paciência, pois esta etapa pode demorar até seis meses para ser concluída.

Registrar sua marca não é uma das tarefas mais complexas, mas aconselha-se procurar ajuda de um profissional legal ou empresas que oferecem este serviço com menos custos e burocracia. AJuridoc, plataforma online de serviços jurídicos para pequenas e médias, empresas é um bom recurso pararegistrar a sua marca de forma mais rápida e econômica.

Estratégias para construir uma boa marca

Estratégia de marca é um plano que engloba objetivos específicos que podem ser alcançados em longo prazo. Uma estratégia de marca bem definida e executada afeta todos os aspectos de uma empresa e está diretamente conectada às necessidades do consumidor.

Em primeiro lugar, sua marca deve ter um propósito, ela não se limita apenas ao nome, ao logotipo, mas sim a todo o potencial cognitivo que está intrínseco aos valores e missão da sua empresa. Sob este aspecto, ao definir sua marca, é preciso ser específico, claro e objetivo, mas também se deve pensar na evolução do seu negócio.

Em resumo, a estratégia de marca deve descrever o seu tipo de negócio, mas também ser capaz de abraçar as mudanças ao longo do tempo e ter a capacidade de se expandir. Parece uma tarefa um tanto difícil à primeira vista, mas com certeza, todo mundo que cria um negócio sabe qual valores está agregando a ele.

Cinco etapas principais para ajudá-lo a criar a sua marca

Sua marca é a primeira coisa que os clientes entram em contato ao acionar um mecanismo de pesquisa ou plataforma de redes sociais, como o Facebook, Pinterest, entre outros, ao procurar por determinados serviços e produtos. Abaixo listamos cinco etapas para criar uma marca forte:

  1. Liste os quesitos em que você ou a sua empresa são especialmente bons e o que você quer que seus clientes pensem quando a sua marca vem à mente. As qualidades e habilidades de seus produtos e serviços formará a base da sua definição de marca.
  2. Questione-se: Quais são as necessidades de seus clientes? A partir da sua lista de diferenciais, identifique as que seus clientes realmente são essenciais para eles.  Pense nos principais motivos que levam os seus clientes até você.
  3. Concentre-se no seu diferencial. É importante que a sua marca seja diferente de outras opções similares disponíveis para os clientes. Seu objetivo deve ser o de oferecer uma proposta diferenciada e prazerosa de consumo e melhor do que a sua concorrência.

4 – Seja claro ao definir a sua marca. É importante ser específico, mas como já mencionamos anteriormente, não busque uma definição tão restrita que não permita os seus negócios crescerem no futuro.

5 – Registre a sua marca. Se você não proteger o seu negócio, essa situação dará abertura para que nomes similares surjam por toda parte.

cta-carrinho-ebook-blog

Como marcar presença na web com após registrar a marca

Na era das mídias sociais e do marketing digital, a sua presença na web é essencial para a sobrevivência do seu e-commerce.  Ter uma empresa na internet não exige mais apenas ter um site funcional. Você precisa de um site sofisticado que desempenhe vários papéis.

O seu website deve ser pensado como um aplicativo para o cliente e não apenas se limitar a oferecer informações. Sua empresa também precisará de um blog que aposte em conteúdo de qualidade e que incorpore palavras-chave relevantes, tags de SEO e elementos visuais.

Atualmente, nenhum negócio se torna bem-sucedido sem um blog. Esta ferramenta social tem  como principal função melhorar o posicionamento estratégico da empresa. Um blog com conteúdo exclusivo e bem elaborado atrai mais tráfego, mais clientes e reconhecimento de marca.

Também há uma tendência cada vez maior do uso de vídeos. Este recurso bastante atraente para os usuários deverá ser utilizado de forma bastante intensiva em 2018. Estes recursos audiovisuais sempre se mostraram bastantes atraentes para os usuários da internet e devem ser bastante utilizados para apresentar produtos e serviços oferecidos pelas lojas virtuais.

Você também deve garantir que o seu site seja totalmente receptivo a diversidade de dispositivos, como desktop, laptop, smartphone ou tablet.  As estatísticas também apontam que o acesso ao comércio eletrônico será cada vez mais frequente e usual pelos dispositivos móveis em 2018.

Conclusão

O e-commerce é um segmento que tem crescido de forma considerável e a concorrência para quem vende pela internet está cada vez mais acirrada. Neste cenário, é fundamental manter o foco nos elementos principais que definem o seu negócio quando se trata de criar sua marca.

Mais do criar um produto ou serviço é preciso criar uma experiência positiva para o consumidor. Essa experiência é um dos principais fatores que posicionará seu comércio eletrônico no topo. E a marca que traduz esses fatores de sucesso será um dos bens mais valiosos do seu e-commerce. E, lembre-se, com o registro de marca, você protege a sua reputação online e conquista a confiança dos seus clientes.

O post A importância de criar e registrar uma marca para o e-commerce apareceu primeiro em Wirecard.



Ver artigo completo

Confira 10 dicas para escolher a melhor máquina de cartão de crédito para o seu negócio

Novembro 13, 2018 6 translation missing: pt-BR.blogs.article.read_time 0 Comentários

Wirecard Brasil: mais soluções de pagamento para o seu negócio

Outubro 23, 2018 2 translation missing: pt-BR.blogs.article.read_time 0 Comentários

Como acertar na precificação de produtos no e-commerce

Outubro 17, 2018 1 translation missing: pt-BR.blogs.article.read_time 0 Comentários

Receba o Newsletter Empreendify