A importância da conciliação financeira para marketplace

09 Janeiro, 2019

Os marketplaces reúnem centenas de lojistas e produtos em um mesmo espaço e efetuam milhares de vendas todos os dias. Com isso, é preciso muito controle em relação ao pagamento das comissões a cada seller e às taxas relacionadas em todas as transações. E para que essa tarefa seja feita com eficiência, a conciliação financeira para marketplace é essencial!

Segundo a pesquisa E-commerce Radar 2017, 31,5% das vendas do comércio eletrônico brasileiro são realizadas nos marketplaces. Justamente por isso, a adesão dos lojistas a esse tipo de negócio tem aumentado, com boa parte deles oferecendo seus produtos em até mais de um marketplace.

De acordo o Panorama dos Marketplaces no Brasil, em setembro de 2017 havia 7.448 sellers fazendo parte deste modelo, enquanto um ano depois este número passou para 14.204, um aumento de mais de 90% no período.

Mas, para que os lojistas tenham confiança em participar deste modelo de e-commerce e para que os marketplaces possam gerir com eficiência as suas contas, é importante que os repasses sejam feitos da maneira correta e que cada uma das partes assuma as suas responsabilidades conforme acordado. E é por isso que a conciliação financeira para marketplace é indispensável.

Assine nossa newsletter e junte-se a milhares de empreendedores!

O que é a conciliação financeira para marketplace

Imagine um marketplace que oferece produtos de diversos segmentos e marcas. São diversos sellers envolvidos e cada um deles faz dezenas de vendas por dia e, é claro, precisa receber por isso. Acontece que nos marketplaces o dinheiro pago pelos clientes é direcionado à administração da plataforma que, por sua vez, faz o repasse a cada lojista.

Mas como é possível organizar todas essas vendas e os recursos gerados por elas para fazer as transferências aos lojistas? E mais, como o seller pode ter segurança de que está realmente recebendo por todos os produtos que vendeu? Bom, é aí que a conciliação financeira para marketplace entra em campo!

Conciliação, segundo o dicionário, é o ato de combinar, ajustar ou harmonizar coisas que parecem contrárias. Quando tratamos do e-commerce, esse conceito não se refere exatamente a posições discordantes, mas, sim, à conferência das informações obtidas pelas partes envolvidas: o marketplace e cada um dos lojistas.

Imagine que um marketplace contabilizou 150 vendas realizadas por um seller especializado em smartphones em maio. Porém, ao fazer sua própria conferência, o lojista percebeu que, na verdade, efetuou 155 vendas no período e que não recebeu o valor correto de algumas dessas transações.

Claro, esse é um caso fictício e exagerado, mas que mostra por que a conciliação financeira é tão importante para os lojistas e os marketplaces. Afinal, os sellers precisam ter a segurança de que estão recebendo tudo o que têm direito, enquanto os marketplaces precisam da confiança de cada um deles para fidelizar a sua base de vendedores e aumentar as vendas online.

Como fazer a conciliação financeira para marketplace

Ainda em relação ao exemplo anterior, pense em como o seller e o marketplace poderiam ter contabilizado as vendas efetuadas no período determinado. Se o lojista fizesse isso manualmente, teria de preencher uma planilha com cada transação realizada, tendo cuidado para não considerar os pedidos cancelados ou que sofreram chargeback, por exemplo.

Depois, precisaria comparar o valor de cada uma das 155 vendas com o dinheiro repassado pelo marketplace por transação, considerando descontos, taxas e o valor da comissão. Só então chegaria à conclusão sobre o repasse incorreto dos recursos.

Aqui falamos de 155 vendas, o que já seria uma conferência exaustiva. Porém, também podemos considerar que este lojista aderiu a outros marketplaces com regras e taxas diferentes, o que exigiria mais trabalho para a conciliação financeira dos produtos vendidos nas demais plataformas.

No caso do marketplace não seria diferente: manualmente, seria preciso conferir cada pedido e verificar se foram pagos, se houve chargeback, de quem é a responsabilidade pelo frete e pela transação realizada pelo meio de pagamentos online, entre outros serviços. Também teria que ser analisada a comissão do lojista e, então, feito o repasse, repetindo o processo para cada um dos seus sellers.

Com esse exemplo, podemos notar que a conciliação financeira feita de forma manual pode ser um trabalho exaustivo quando compreende um grande volume de transações. Isso faz com que os profissionais percam um tempo valioso, que poderia ser utilizado para pensar em estratégias a fim de aumentar as vendas online.

Fazer a conciliação manualmente também torna todo esse processo mais suscetível a erros, pois são muitos números e dados e cadastrar alguma informação errada não seria nenhuma surpresa. Consequentemente, isso poderia causar desgastes e insegurança na relação entre as partes.

A tecnologia como aliada da conciliação financeira

A boa notícia é que já existem ferramentas capazes de tornar todo esse processo muito mais rápido e prático. Tudo começa com o split de pagamento para marketplace, ferramenta que permite a divisão dos valores para cada lojista automaticamente.

Imagine que um cliente comprou seis produtos de diferentes sellers. Com o split de pagamento, ele não precisa pagar por cada um deles separadamente, o que já é um grande benefício capaz de aumentar a conversão de vendas. Mas o melhor é que essa ferramenta também divide os valores relacionados a cada seller automaticamente, evitando o trabalho manual de separar cada transação por lojista.

Ainda de forma automática, o split payment, como também é chamado, recolhe o percentual destinado ao marketplace e repassa o valor excedente a cada loja, conforme comissão e taxas estabelecidas para cada transação e seller. Assim, reduz-se a possibilidade de erros e as partes ganham mais segurança sobre os seus recursos.

Já as soluções para conciliação financeira tornam muito mais fácil a conferência dos valores. Aqui na Wirecard, por exemplo, o marketplace pode conciliar a conta recebedora e pagadora de forma independente e os lojistas têm total controle sobre os pedidos, pagamentos e lançamentos feitos pelo marketplace. Tudo isso com segurança e atualizações em tempo real!

Acesse nosso site e saiba mais sobre a solução da Wirecard para marketplace. Além de ser um ótimo meio de pagamentos online para os seus compradores, com checkout transparente, segurança e diversas formas de recebimento, ele também conta com o split de pagamento e com a conciliação financeira automatizada!

E se você ficou com alguma dúvida sobre o assunto, deixe seu comentário ou entre em contato com a nossa equipe!

O post A importância da conciliação financeira para marketplace apareceu primeiro em Wirecard.